Folha Vitória Sonolência é responsável por mais de 40% dos acidentes no trânsito

Sonolência é responsável por mais de 40% dos acidentes no trânsito

A privação do sono, dormir menos de oito horas por noite, ficar acordado várias horas seguidas e transtornos do sono estão entre as principais causas de sonolência ao volante

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

No Brasil, a sonolência ao volante representa 40% dos acidentes de trânsito, sendo a terceira maior causa de acidentes nas rodovias federais. O fator motivou 22.683 acidentes, entre 2014 e julho deste ano, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal no levantamento da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet).

A privação do sono, dormir menos de oito horas por noite, ficar acordado várias horas seguidas e transtornos do sono estão entre as principais causas de sonolência ao volante, alerta a a presidente da Associação Brasileira do Sono – regional ES, a médica Jéssica Polese.

“Se no trânsito, você observar alguém ou estiver em constante bocejo ou com piscadas frequentes ao volante, com dificuldade em manter os olhos abertos e a cabeça erguida, baixa concentração, dificuldade em manter a mesma velocidade e ocorrer a saída da pista, fique atento pois são indícios de que um acidente por sono pode acontecer”, afirma a médica.

Alguns cuidados como deitar cedo, descansar e ter uma boa noite de sono podem colaborar para evitar os acidentes na estrada. “Vai permitir que o condutor mantenha o seu tempo de reação, julgamento e visão”, diz Jéssica. Outra dica é para que os condutores realizem paradas para descanso durante uma viagem, evitem trafegar da meia noite às 6h da manhã ou depois de um longo dia de trabalho.

A médica alerta para os cuidados com a saúde para a sonolência constante. “Nesse caso é importante observar os hábitos de sono e buscar um profissional médico para realizar o tratamento adequado”, finaliza Jéssica Polese.

Últimas