Folha Vitória Steam, Epic Games, Nintendo e outros são bloqueados na Indonésia

Steam, Epic Games, Nintendo e outros são bloqueados na Indonésia

Novas leis no país dificultaram registro dos serviços, o que está causando a revolta da população do país

O governo da Indonésia, nação do Sudeste Asiático, bloqueou o acesso a sites de jogos e variados serviços da web após um novo registro ser solicitado pelo governo, com novas leis e regras de licenciamento. O ministério da comunicação Indonésio, conhecido como Kominfo, está causando a revolta dos usuários nas mídias sociais locais após o bloqueio. O trending “BlokirKominfo” está em primeiro lugar no twitter da Indonésia. 

Foto: Folha Vitória

Steam, Epic Games, Ubisoft, Battle Net, Nintendo e vários outros estão bloqueados. Paypal foi desbloqueado apenas para que cidadãos da Indonésia possam resgatar o valor que venham a ter em conta.

As novas leis foram divulgadas em novembro de 2020 e dão as autoridades do país o poder de remover qualquer conteúdo considero ilegal ou que perturbe a ordem pública em apenas 4 horas.

As empresas tiveram que assinar um termo com as novas regras, porém as que não cumpriram foram todas bloqueadas.

No Twitter, ao buscar pela hashtag Kominfo aparecem diversos posts dos usuários do país revoltados e criando memes como protesto.

Últimas