Folha Vitória Surto de gastroenterite: doença é contagiosa e representa risco para crianças

Surto de gastroenterite: doença é contagiosa e representa risco para crianças

Nas últimas semanas, os médicos que atendem nas unidades de saúde e hospitais da Grande Vitória perceberam um aumento repentino nos casos

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um surto gastroenterite na Grande Vitória, provocado pela circulação do rotavírus, está causando preocupação, principalmente entre os pais. O curioso é que a virose não é muito comum nesta época do ano. 

Nas últimas semanas, os médicos que atendem nas unidades de saúde e hospitais, perceberam um aumento repentino nos casos. Em alguns consultórios, que atendiam três casos por dia, a média subiu para 20. 

Há cerca de duas semanas, o pequeno Miguel, que tem apenas 6 meses de vida, deu um susto na mãe. A professora Jéssica Lopes contou à equipe de reportagem da TV Vitória/Record TV que o filho vários dias internado.

Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
"Quando ele foi deitar, teve um episódio de vômito muito forte. Tentamos fazer hidratação em casa para ver se ia ter recorrência e, na mesma noite, ele começou a apresentar muita diarreia, então precisamos levá-lo ao hospital. Ele continuou com diarreia muito aguda, começou a desidratar e precisou ficar internado. No total, foram 11 dias de internação", contou a mãe.

Em Vitória, uma escola particular precisou ficar fechada por dois dias após 12 crianças contraírem a virose. A pediatra Nathália Miranda explica que o surto causou surpresa, já que o rotavírus circula mais durante o verão.

Foto: TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Segundo ela, a gastroenterite viral é muito contagiosa, independentemente da idade, mas causa mais danos às crianças menores de dois anos de idade. 

"A gente vê esse número aumentando muito, principalmente nos menores de dois anos. É claro que tem pegado em todo mundo, então quando chega uma criança aqui com o sintoma, eu alerto que vai pegar em todo mundo. É um vírus contagioso e rápido. Você tem o contato com ele e em dois ou três dias vai apresentar os sintomas. 

A pediatra explica que, em geral, a doença não costuma trazer danos mais graves à saúde, mas deixa o alerta: se em 24 horas a diarreia e o vômito não cessarem, é necessário procurar atendimento médico. 

Atenção aos alimentos refrigerados

Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A gastroenterologista Richaeny Ferreira explica que existem diferentes tipos de gastroenterites: virais (mais comuns) bacterianas e por parasitas. 

Segundo ela, é preciso ficar atento aos alimentos para evitar a doença. 

"Os principais sintomas da gastroenterite são: náuseas, vômitos, dor abdominal e diarreia. Todo alimento refrigerado merece um pouco mais de atenção, principalmente em dias mais quentes", explica.

Alguns alimentos que merecem mais atenção: 

- Iogurte

- Vitaminas 

- Sanduíche com ricota ou requeijão

- Frutas

- Maionese

- Saladas

Não deixar de fazer: 

A lavagem das mãos após ida ao banheiro e também após manusear alimentos é fundamental. 

Com informações do repórter da TV Vitória/Record TV, Alex Pandini. 

Últimas