Folha Vitória Suspeito de chefiar tráfico de drogas de Guarapari é preso em Vila Velha

Suspeito de chefiar tráfico de drogas de Guarapari é preso em Vila Velha

No imóvel, a polícia encontrou pedras de crack, celulares, cadernos com anotações e mais de R$ 22 mil em espécie

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um rapaz de 25 anos, apontado pela polícia como o chefe do tráfico de drogas do bairro Perocão, em Guarapari, foi preso na tarde de quinta-feira (30). 

O suspeito estava em uma casa no bairro, Rio Marinho, em Vila Velha. No imóvel, foram encontrados pedras de crack, celulares, cadernos com anotações e mais de R$ 22 mil em espécie. 

"Ele estava usando o local de esconderijo e também para manusear ali seus produtos que seriam as drogas ou dinheiro. O serviço de inteligência fez o monitoramento e passou a informação para a Força Tática pedindo apoio para que a gente pudesse chegar até o indivíduo. Já havia identificação, mandado de prisão e fomos até o local e fizemos contato com o morador", contou o soldado Goulart.

>> Leia também: PF investiga movimentações ilegais de R$ 1 bilhão por empresas do ES

Segundo a Polícia Militar, uma equipe do serviço reservado vinha monitorando os passos do suspeito, que fugiu de Perocão onde comandava o tráfico de drogas.

Ao receber a confirmação de que o criminoso estaria no local, policiais preparam um cerco para prendê-lo. Ao perceber que estava cercado, o indivíduo tentou fugir se escondendo em um imóvel ao lado, mas em seguida foi preso.

"No momento que chamamos o morador, ouvimos vários barulhos, ele estava fugindo para uma casa vizinha. Na fuga, ele jogou fora uma sacola que posteriormente se tratava de drogas e carregava em sua mão uma sacola que havia uma grande quantidade de dinheiro."

Além do envolvimento com o tráfico, a polícia informou que Nelson era conhecido pela sua influência e ostentação.

"Ele estava vivendo uma vida de luxo. Uma pessoa que tem uma influência muito grande que controla uma região e um determinado grupo de criminosos", contou o policial.

Para o criminoso, havia um mandado de prisão em aberto desde o início do mês de agosto por tráfico de drogas. Com a prisão dele, a polícia acredita que o comércio de entorpecentes na região seja desarticulado.

"Essa prisão vai desestabilizar, pois eles perderam uma referência que controla e coordena e que tem os contatos de pessoas que possuem os entorpecentes para venda naquele local", disse o PM. 

>>> Leia também: Corpo encontrado dentro de carro em ribanceira é de jovem que estava desaparecido há 5 dias

Últimas