Folha Vitória Suspeito de cometer homicídio em Vila Velha é reconhecido por testemunha

Suspeito de cometer homicídio em Vila Velha é reconhecido por testemunha

O crime aconteceu no bairro Morada da Barra, em Vila Velha; no local, duas ocorrências de homicídios foram registradas em uma semana

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um homem foi apontado como um dos assassinos de um morador do bairro Morada da Barra, em Vila Velha, após ser reconhecido por uma testemunha. O crime aconteceu na manhã desta quarta-feira (09) e a vítima foi morta com mais de 20 tiros.

O suspeito de cometer o crime é um rapaz de 24 anos e ele foi reconhecido pela roupa que usava no momento do crime.

"Disseram que um dos elementos estaria com uma blusa de frio camuflada e isso possibilitou a Polícia Militar fazer um patrulhamento e abordar uma pessoa com características semelhantes. Depois da abordagem, o rapaz foi reconhecido como uma das pessoas que participaram dos disparos", afirmou o capitão Cézar da Polícia Militar.

Ainda de acordo com o capitão, o mesmo suspeito já foi preso em 2016 por porte ilegal de arma de fogo e em 2018 pelo crime de tráfico de drogas. A testemunha teria dito também, que os suspeitos chegaram de carro na rua.

"A história narrada para a Polícia Militar é que a vítima teria saído para trabalhar e enquanto ele subia na motocicleta se aproximou um carro Ford prata, duas pessoas saíram atirando e atingiram ele pelas costas. Depois que ele caiu, ainda continuaram atirando e depois fugiram", explicou o capitão.

Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Vítima: Jeverti Dias Santos, de 26 anos

O alvo do crime foi Jeverti Dias Santos, de 26 anos. De acordo com a Polícia Militar, o homem tinha passagem por tráfico de drogas e porte ilegal de arma. A perícia informou que a vítima foi executada com mais de 20 tiros na manhã desta quarta-feira.

Durante a tarde, policiais militares estiveram na região e apreenderam um revólver calibre 38, 84 buchas de maconha e munições. O material ilícito, de acordo com o subtenente, estava em posse de um homem de 30 anos.

"Ele mesmo confirmou que faz parte do crime da região. O suspeito também disse que iria entregar a droga e a arma que estava com ele e depois iria embora do bairro pois estava com medo de também ser morto", disse o subtenente Ferreira da Polícia Militar.

Região conflituosa

O crime desta quarta-feira entrou para uma triste estatística. Só no bairro Morada da Barra, já foram registrados dois homicídios em uma mesma semana. Em um dos casos, duas pessoas foram baleadas durante uma disputa pelo tráfico de drogas.

Leia também:

>> Homem é preso após agredir a mulher por causa do auxílio emergencial

>> Homem é assassinado com mais de dez tiros em bairro de Vila Velha

Ainda no bairro, criminosos trocaram tiros com policiais e na ocasião, drogas e armas foram apreendidas. Os três suspeitos de iniciarem o confronto foram encaminhados à delegacia e um deles era um adolescente.

Últimas