Folha Vitória Suspeito de envolvimento em assalto à escritório de advocacia do ex-sogro em Vitória é preso

Suspeito de envolvimento em assalto à escritório de advocacia do ex-sogro em Vitória é preso

O crime aconteceu em junho deste ano e a vítima já desconfiava que os suspeitos tinham informações precisas do que havia no estabelecimento

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O homem suspeito de envolvimento em um assalto a um escritório de advocacia, no Centro de Vitória, em junho, foi detido na quinta-feira (22), em Itapuã, Vila Velha.

O que chamou a atenção nessa história é que o suspeito é ex-genro da vítima. “É uma sensação de alívio e ao mesmo tempo revolta saber que o suspeito era uma pessoa próxima da família, meu ex-marido e pai da minha filha. Uma pessoa que comia na mesma mesa que a gente e não teve dó e nem piedade de fazer isso com um idoso”, disse a filha da vítima, que preferiu não ser identificada.

Na época do crime, imagens registraram dois suspeitos chegando ao escritório de advocacia. A dupla chegou a marcar um horário para ser atendida, mas tudo não passava de uma emboscada. A vítima foi o proprietário do local, de 69 anos, que chegou a ser amarrado pelos criminosos após ser rendido.

Depois de pegar o dinheiro do cofre, a dupla deixou o prédio. Na porta do elevador, os suspeitos chegaram a comemorar o crime. Desde o dia do assalto, a família já desconfiava que os criminosos tinham informações detalhadas do local. “Da forma que foi feito, percebe-se que só poderia ser uma pessoa próxima, pois tinha informações do que havia lá dentro e que tinha um cofre no local. Só uma pessoa muito próxima da família para saber essas coisas”, disse a filha da vítima.

O suspeito foi encaminhado a Delegacia Patrimonial para ser ouvido pela polícia. O delegado que investiga o caso não foi encontrado pela equipe de reportagem da Rede Vitória. Para a ex-mulher do suspeito, fica um misto de sensações. “Alívio, em parte, e muita decepção. Na verdade é uma tristeza. Para mim é vergonhoso saber que uma pessoa com quem me relacionei fez uma coisa dessa”, lamentou.

A Polícia Civil não informou se o suspeito foi autuado ou encaminhado para algum presídio.,

*Com informações do repórter Waslley Leite, da TV Vitória/Record TV

Últimas