Folha Vitória Suspeito de matar e roubar feirante que ficou cinco dias desaparecido é preso pela polícia

Suspeito de matar e roubar feirante que ficou cinco dias desaparecido é preso pela polícia

Zenildo da Cunha desapareceu após sair com um funcionário para fazer entrega; o corpo dele foi encontrado no domingo, com sinais de violência

Folha Vitória
Foto: arquivo pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O suspeito de cometer um latrocínio contra o feirante Zenildo da Cunha, de 49 anos, foi preso pela equipe da Delegacia Antissequestro. O corpo da vítima foi encontrado no último domingo (16), próximo à Rodovia do Contorno, no bairro Pedro Fontes, em Cariacica. Mais informações sobre o caso serão passadas pela polícia ainda nesta quinta-feira (20), durante coletiva. 

Zenildo, que além de feirante também era dono de um abatedouro de frangos, desapareceu no dia 11 de maio, após sair com um funcionário para fazer entrega. No dia seguinte, o funcionário apareceu dizendo que os dois foram vítimas de um sequestro e chegou a prestar depoimento na delegacia.

Desconfiados, os policiais levaram o rapaz até a região, que fica na zona rural de Cariacica, para que ele mostrasse o local em que teria ficado durante o sequestro. Em seguida, os investigadores levaram o homem até a casa dele, mas  enquanto os policiais faziam buscas no local, ele acabou fugindo. 

Segundo a polícia, o corpo de Zenildo apresentava sinais de violência, mas ainda não é possível afirmar qual a causa da morte. Próximo ao corpo, os policiais encontraram uma pedra, uma chave de roda e uma corda, que podem ter sido utilizadas no crime.  

A investigação do caso está sendo conduzida pela Delegacia Antissequestro pois, inicialmente, o suspeito noticiou o fato como se tratando de um sequestro. 

Últimas