Folha Vitória Taxa de ocupação em leitos de UTI exclusivos para a covid-19 chega a 93,11% no Espírito Santo

Taxa de ocupação em leitos de UTI exclusivos para a covid-19 chega a 93,11% no Espírito Santo

De acordo com Painel de Ocupação de Leitos Hospitalares, pelo menos nove hospitais capixabas não possuem mais leitos em UTI para tratamento de nenhum tipo de doença

Folha Vitória
Foto: Diego Simão/TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para o tratamento da covid-19 no Espírito Santo chegou a 93,11%. As informações são do Painel de Ocupação de Leitos Hospitalares, atualizado na manhã desta terça-feira (23). Os dados mostram ainda que nove hospitais não têm mais leitos disponíveis para tratamento de nenhuma doença.

O número representa um total de 743 pacientes internados em estado grave na terapia intensiva, levando em consideração um total de 798 leitos do tipo. Na  segunda-feira (22), o estado anunciou a abertura de mais 20 unidades no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, o antigo São Lucas, em Vitória, que estão disponíveis a partir desta terça.

Já os leitos de enfermaria exclusivos para o tratamento da doença, somam 778 em todo o Espírito Santo. Destes, 79,31% estão ocupados. Ao todo, somados os leitos de enfermaria e UTI, o estado possui 1.576 leitos ativos para o atendimento de pessoas infectadas pela covid-19, com uma taxa de ocupação geral de 86,29%.

Ocupação nos hospitais

O Painel de Ocupação de Leitos Hospitalares mostra que, pelo menos nove hospitais capixabas, não possuem mais leitos em UTI para tratamento de nenhum tipo de doença. Ao levar em consideração os leitos de UTI exclusivos para o tratamento da covid-19, o cenário é ainda pior: são 11 hospitais com 100% de ocupação.

No Hospital Estadual Jayme Santos Neves, na Serra, referência no tratamento da doença, apenas sete leitos estavam disponíveis para pacientes com covid-19, segundo os dados. No caso de leitos de UTI geral, o número aponta 100,33%. 

Os números são relativos à oferta de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) nas redes pública, privada e filantrópica. A lotação acontece em hospitais espalhados por todo o Espírito Santo, inclusive em unidades onde recentemente foram abertos mais leitos.

Na Grande Vitória, não há mais leitos para nenhum tipo de atendimento em UTIs no Hospital Evangélico de Vila Velha, Vila Velha Hospital, Hospital Vitória e no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, o antigo São Lucas. Na Santa Casa de Misericórdia de Vitória, o índice de ocupação em leitos de UTI para covid chegou a 100%. Em UTI geral, o índice de ocupação é de 90,63%. 

No norte do Espírito Santo, estão com 100% de ocupação em todos os tipos de leitos de UTI os hospitais Rio Doce, em Linhares; São Camilo, em Aracruz; e Hospital Silvio Avidos, em Colatina. No Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, há ocupação máxima nos leitos UTI covid-19 e 97,37% nos leitos de UTI geral.

Na região sul capixaba, o Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim e a Santa Casa de Misericórdia de Guaçuí estão com 100% de ocupação em todos os leitos de UTI. 

Últimas