Folha Vitória Taxa de ocupação em leitos de UTI para covid-19 na rede pública do ES supera 92%

Taxa de ocupação em leitos de UTI para covid-19 na rede pública do ES supera 92%

Já nos hospitais particulares do estado, 87,11% dos leitos de terapia intensiva para o tratamento da doença estão ocupados, segundo a Secretaria da Saúde

Folha Vitória
Foto: Diego Simão/TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para o tratamento da covid-19 continua acima dos 90% no Espírito Santo. De acordo com o Painel Ocupação de Leitos Hospitalares, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), 92,76% das vagas disponibilizadas pelo governo do Estado nas UTIs exclusivas para a doença estão preenchidas.

Atualmente, o Espírito Santo conta com 1.022 leitos de tratamento intensivo para o coronavírus nos hospitais estaduais e nos filantrópicos e particulares contratados pela Sesa. Desse total, 948 estão ocupados. 

Até quarta-feira (14), 11 pacientes com covid-19 aguardavam transferência para leitos de hospitais, sendo um para UTI.

A situação é mais crítica no norte do estado, onde 97,73% dos leitos de terapia intensiva estão ocupados — 86 dos 88 existentes. Na Grande Vitória, onde há 652 vagas, 622 estão preenchidas (95,4% de ocupação). Já nas regiões central e sul do estado, as taxas de ocupação estão em 92,39% e 81,58%, respectivamente.

Com relação aos leitos de enfermaria disponibilizados pelo governo do Estado, das 942 vagas existentes, 738 estão preenchidas, o que corresponde a um índice de ocupação de 78,34%.

Rede privada

Já nos hospitais particulares do Espírito Santo, 87,11% dos leitos de UTI para covid-19 estão ocupados, segundo o Painel Leitos da Rede Privada - ES. Das 225 vagas disponibilizadas pela rede privada, 196 estão preenchidas.

Já a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria, nos hospitais particulares existentes do estado, está em 58,84% — 223 das 379 vagas ocupadas.

Últimas