Folha Vitória Técnico interino lamenta derrota e elogia elenco do Palmeiras: 'Tem potencial'

Técnico interino lamenta derrota e elogia elenco do Palmeiras: 'Tem potencial'

Cebola admitiu que teve pouco tempo para tentar fazer mudanças, desde a saída de Luxemburgo, na noite de quarta

Folha Vitória
Foto: Cesar Greco/Palmeiras
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

No primeiro jogo após a demissão de Vanderlei Luxemburgo, o Palmeiras voltou a fazer uma exibição apática, de baixo nível técnico e pouca produção ofensiva, o que gerou novas críticas ao clube, desta vez focadas nos jogadores. Mas, para o interino Andrey Lopes, o time conta com um "bom elenco", com "potencial".

"Eu gosto do elenco do Palmeiras, foi campeão paulista. Sei o potencial que tem o elenco, como qual eu trabalho aqui há três anos. É um bom elenco. E está um pouco sem confiança devido aos resultados, foi a nossa quarta derrota", disse o técnico interino, mais conhecido por Cebola.

Apesar do elogio, ele reconheceu que o grupo de jogadores está devendo. "Tem que melhorar. Falei isso aos atletas. Tivemos uma derrota. Temos que melhorar, sim. A perspectiva é essa, do elenco, de focar e trabalhar. Não tem que baixar a cabeça", declarou o auxiliar permanente do clube.

Cebola admitiu que teve pouco tempo para tentar fazer mudanças, desde a saída de Luxemburgo, na noite de quarta. "Tivemos a sexta e o sábado para treinar, um trabalho que tem continuidade, vem desde que o professor tinha assumido, no início do ano. Eu continuei o trabalho que vinha sendo feito. O novo treinador vai precisar de tempo para fazer mudanças."

Após a demissão de Luxemburgo, o presidente Maurício Galiotte afirmara que não contrataria um novo treinador com pressa. Seu objetivo, segundo informara, era buscar um estilo de jogo antes de pensar num nome. Ele também evitou apontar prazos para o anúncio do novo técnico palmeirense.

Por enquanto, o mais cotado é o Miguel Ángel Ramírez, atual treinador do Independiente del Valle.

Últimas