Folha Vitória Tiroteio na Serra acaba com uma pessoa baleada e outras duas presas

Tiroteio na Serra acaba com uma pessoa baleada e outras duas presas

Três jovens foram identificados como autores dos disparos, mas um deles conseguiu fugir

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Após uma troca de tiros com a polícia, dois jovens, que teriam envolvimento com o tráfico de drogas na região da Vista da Serra I, foram presos. A Polícia Militar recebeu denúncias de que um deles estava usando a própria casa como ponto de tráfico. Nesta sexta-feira (01), os policiais foram até o local e o confronto aconteceu. 

Segundo a PM, os militares foram recebidos a tiros ao chegarem no local. Três jovens foram identificados como os responsáveis pelos disparos. Dois deles, estavam com armas, enquanto o terceiro, de 21 anos, estava com uma metralhadora. 

Com o confronto, o rapaz de 21 anos se entregou após ser baleado. O outro criminoso se escondeu na casa, mas foi encontrado pela polícia.

O terceiro bandido conseguiu escapar. De acordo com os militares, drogas, dinheiro e rádio comunicador foram encontrados em cima da mesa. 

O jovem baleado está recebendo atendimento médico e segue escoltado pela Polícia. Quando receber alta, ele será encaminhado à delegacia. Um outro criminoso, de 23 anos, seria o dono da residência, que funcionava como ponto de tráfico. 

Segundo com a família do traficante, que foi preso e levado para o DHPP, ele e os familiares sempre tiveram um relacionamento conflituoso, mas desde que a mãe morreu, tudo piorou. 

Ainda segundo eles, o jovem expulsou todos os familiares da casa e transformou a residência em um ponto de tráfico. Muitas pessoas sabiam o que acontecia na casa e, por esse motivo, não foi difícil para que a informação chegasse aos policiais. Os familiares do rapaz, disseram esperar que ele pague pelos crimes que cometeu e que, todos possam viver em paz. 

A reportagem procurou a Polícia Civil para saber se os suspeitos detidos foram autuados e encaminhados para o presídio, mas a assessoria da PC informou que, aos finais de semana, eles só tem acesso às ocorrências do plantão vigente das delegacias.

Últimas