Folha Vitória Três mulheres são agredidas pelos companheiros na mesma madrugada em Vila Velha

Três mulheres são agredidas pelos companheiros na mesma madrugada em Vila Velha

As ocorrências aconteceram entre a noite de domingo (17) e a madrugada desta segunda-feira (18) em três bairros diferentes. Um dos homens foi autuado em flagrante pela Lei Maria da Penha e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana

Folha Vitória
Foto: pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Três mulheres foram agredidas pelos companheiros em um curto intervalo de tempo em Vila Velha. As ocorrências aconteceram entre a noite de domingo (17) e a madrugada desta segunda-feira (18) em três bairros diferentes.

Um dos homens foi autuado em flagrante pela Lei Maria da Penha e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.

Segundo informações da Polícia Militar, equipes foram acionadas para uma ocorrência no bairro Cobilândia, onde uma mulher teria sido agredida com um soco no rosto pelo próprio companheiro.

Outro caso de agressão aconteceu em um condomínio do bairro Ataíde. De acordo com testemunhas, um casal teria brigado por volta de 2h desta segunda-feira (18). 

A mulher agredida procurou a Polícia Civil e relatou que o companheiro chegou em casa bêbado e os dois começaram a discutir. A vítima contou à polícia que pediu para o homem sair de casa, mas ele se negou e a agrediu com vários chutes e socos em todo o corpo. 

A mulher contou ainda que, depois das agressões, o suspeito fugiu com o cachorro dela.

Ocorrência em Jockey de Itaparica tem versões conflitantes

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A terceira ocorrência aconteceu em uma rua de Jockey de Itaparica, próxima a um cerimonial de eventos e tem versões conflitantes. 

Quando os policiais chegaram para atender o caso, encontraram uma jovem que disse ter sido agredida pelo namorado. Ela contou aos policiais que estava com o companheiro em uma festa que acontecia no bairro e, devido a ciúmes, o suspeito teria puxado o cabelo dela e a agredido com socos no rosto e que após as agressões, retornou à festa.

Os militares foram até o local em que a festa acontecia e disseram que o rapaz estava agressivo, alterado e que ameaçou os agentes, mas de acordo com amigos do rapaz acusado das agressões, a mulher foi a responsável por ter começado a confusão. 

Eles contaram que o casal estava em uma festa em um cerimonial do bairro, quando a companheira ficou com ciúmes, saiu do espaço de eventos e quebrou a moto e o carro do rapaz.

Em nota, a Polícia Civil informou que no bairro Jockey de Itaparica o homem foi autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal qualificada, injúria, ameaça e resistência, todos na forma da Lei Maria da Penha, e foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.

Já nos casos dos bairros de Cobilândia e Ataíde a Polícia Civil está apurando as informações. 

Com informações da repórter Alessandra Ximenes, da TV Vitória/Record TV 

Últimas