Folha Vitória Trio pede corrida por aplicativo, ameaça motorista e foge com o carro da vítima na Serra

Trio pede corrida por aplicativo, ameaça motorista e foge com o carro da vítima na Serra

O veículo foi recuperado horas depois do crime no bairro São Marcos II, próximo ao local onde os três suspeitos embarcaram

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um motorista de aplicativo de 66 anos foi rendido e teve uma arma apontada para a cabeça durante um assalto. O crime aconteceu nesta quinta-feira (01) no bairro São Marcos II, na Serra. Os suspeitos fugiram com o carro, o celular e todo o dinheiro das corridas que a vítima havia realizado no dia. 

O idoso estava na quarta corrida do dia quando, por volta das 18h40, recebeu um chamado  partindo do bairro São Marcos II com destino a Nova Almeida, também na Serra. 

Segundo a vítima, três homens embarcaram rapidamente e ele já ficou desconfiado. "Eles entraram muito rápido. Eu fiquei grilado. Já pensei que eles iam pedir o carro e me roubar", contou. 

Após passar por algumas ruas do bairro, os criminosos anunciaram o assalto. O motorista ficou assustado, acelerou e arrancou com o carro. Os suspeitos então  pegaram uma arma e apontaram em direção a vítima. 

"Eles gritaram comigo, me xingaram. Colocaram a arma na minha cabeça, no meu pescoço e falaram: 'ou para o carro ou atiro na sua cabeça'. Andei umas três ruas, me pediram o dinheiro da carteira", lembrou a vítima.  

O idoso não teve outra alternativa a não ser obedecer os criminosos. Ele desceu do carro e foi obrigado a não olhar para trás. A vítima contou que para salvar alguns documentos, jogou a carteira no chão e chutou. 

O dinheiro que estava na carteira caiu no chão e os suspeitos pegaram cerca de R$ 140 e fugiram com o carro e celular do motorista. 

O idoso pediu ajuda às pessoas que passavam pela região. Uma testemunha do crime emprestou o celular para que o homem pudesse acionar a polícia. 

O carro do motorista de aplicativo foi encontrado no final da noite, em uma rua do bairro São Marcos II. 

O homem contou que trabalha como motorista de aplicativo há cerca de quatro anos e essa não foi a primeira vez que ele foi vítima da ação de criminosos. Para a vítima, a profissão é de alto risco. 

"Sempre um risco. A gente nunca sabe quem vai pegar. A gente sabe onde vai pegar, mas não sabe onde que vai terminar", desabafou. 

Em nota, a Polícia Civil informou que o veículo foi recuperado pela Polícia Militar e recolhido ao pátio credenciado.

O proprietário deve fazer contato com a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos para proceder com a restituição do veículo. Ainda de acordo com a Polícia Civil, não houve detidos. 

*Com informações da repórter Marla Bermudes, da TV Vitória/Record TV. 

Últimas