Folha Vitória Uma a cada quatro pessoas que fizeram teste para detecção da covid-19 testou positivo no ES

Uma a cada quatro pessoas que fizeram teste para detecção da covid-19 testou positivo no ES

A constatação é da Pnad Covid-19, divulgada nesta terça-feira pelo IBGE, e corresponde aos casos observados desde o início da pandemia até outubro

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma a cada quatro pessoas que já fizeram algum teste para a detecção do novo coronavírus testaram positivo no Espírito Santo. A constatação é da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Covid-19 mensal, referente ao mês de outubro, divulgado nesta terça-feira (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o estudo, desde o início da pandemia até outubro, cerca de 475 mil pessoas — o que corresponde a 11,7% da população do Espírito Santo — já haviam feito algum teste para diagnosticar a covid-19 no estado. Entre os testados, 25,4% deram positivo, o que representa 3% da população capixaba.

Considerando o tipo do teste, 203 mil pessoas fizeram o Swab e 35,1% testaram positivo; 205 mil fizeram o teste rápido, com coleta de sangue por meio do furo no dedo, e 16,4% testaram positivo; enquanto 129 mil fizeram o teste de coleta de sangue na veia do braço, sendo 23,6% com diagnostico de covid-19 confirmado.

Com relação ao perfil dos que testaram positivo, 51,3% eram mulheres; 88,5% tinham menos de 60 anos de idade; 58,8% eram pretos ou pardos e 43,8% possuíam ensino médio completo. Dentre as pessoas com alguma das doenças crônicas pesquisadas, 38 mil (4%) testaram positivo para a covid-19.

No mês de outubro, a Pnad Covid-19 estimou que 117 mil pessoas (2,9% da população) apresentaram algum dos sintomas pesquisados de síndromes gripais. Cerca de 27,4% (32 mil) dessas pessoas procuraram atendimento em estabelecimento de saúde.

A pesquisa estimou ainda que 12 mil pessoas (0,3% da população) apresentaram sintomas conjugados de síndrome gripal, que podiam estar associados à covid-19 (perda de cheiro ou sabor ou febre, tosse e dificuldade de respirar ou febre, tosse e dor no peito). Dentre elas, 48,5% (6 mil pessoas) procuraram atendimento em estabelecimento de saúde.

Outra constatação da pesquisa é que, entre setembro e outubro, subiu de 111 mil (2,7% da população) para 142 mil (3,5% da população) o número de pessoas que não adotaram qualquer medida de restrição em relação ao distanciamento social. Já o número de pessoas rigorosamente isoladas caiu de 655 mil (16,1%) para 544 mil (13,4%) no mesmo período.

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Últimas