Folha Vitória Vacinados demonstram alívio e esperança por dias normais após imunização contra a covid-19

Vacinados demonstram alívio e esperança por dias normais após imunização contra a covid-19

Esperado por muita gente, o momento da vacinação tem gerado uma série de emoções; para alguns, medo se transforma em esperança após receber a primeira dose

Folha Vitória
Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Desde o início da campanha de vacinação contra a covid-19, a reação das pessoas imunizadas tem chamado a atenção. Algumas choram, outras comemoram e se sentem aliviadas com a proteção.

Da apreensão ao medo, da segurança à esperança. Quando o assunto é imunização contra o coronavírus, as emoções são sentidas antes e depois de receber a tão esperada dose.

Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Marciene Rodrigues celebrou a primeira dose da vacina contra a covid-19

Para a dona de casa Marciene Rodrigues, a vacinação foi um momento tão especial que precisou ser registrado para ser compartilhado nas redes sociais. A ansiedade foi tanta, que ela nem dormiu na noite anterior.

"Eu estava emocionada, quase passei mal, tive dor de cabeça de tanto que eu queria o momento da vacinação. Foi um dia de celebração", contou.

O alívio da vacinação é ainda maior pelo fato dos pais da dona de casa, que moram em Minas Gerais, terem sido infectados pelo vírus, deixando todos os familiares no Espírito Santo bastante preocupados.

"Minha mãe com 80 anos e meu pai com 85. Minha mãe foi para a UTI, ficou internada 15 dias mas, graças a Deus, retornou para casa e hoje estou aqui feliz da vida depois de ser imunizada", disse.

Além de proteger do vírus, a vacina protege contra a tristeza de mais perdas. Após ser imunizada, Marciene cultiva a expectativa de que, em breve, possa rever toda a família. 

Foto: arquivo pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Familiares de Marciene Rodrigues: registro de reunião tirado antes da pandemia poderá se repetir quando toda a família for imunizada

A pandemia ainda não acabou!

Apesar do avanço da imunização em todo o Espírito Santo, no Brasil e no mundo, a pandemia ainda segue em curso fazendo vítimas diárias. 

Para além da emoção e do sentimento de proteção, a vacina traz a sensação de esperança, que a auxiliar de depósito Tânia Alves Rosa carrega logo após receber a dose. "Essa realmente é uma esperança de que tudo volte ao normal, se Deus quiser", afirmou.

Para a psicóloga Aline Hessel, a imunização da população ultrapassa as barreiras da saúde e, atualmente, é a chave para a retomada da vida saudável e social. 

"A vacina traz uma esperança e cria uma expectativa de dias melhores. A esperança de um contato com as pessoas próximas, a realidade de trabalho, vida social, a retomada da vida à normalidade e principalmente a diminuição do risco do vírus ser um grande fantasma na vida das pessoas", explicou.

Sensações diferentes

A maquiadora Sandryelle Christina Correa foi imunizada há cerca de um mês. Ela tem hipertensão e temia complicações na saúde caso fosse contaminada pelo novo coronavírus. A jovem tem palavras bem diferentes para definir a emoção de antes e depois da vacina.

"A sensação que eu tive antes da vacina era de medo, ansiedade e incerteza, mas depois da imunização, esses sentimentos mudaram para esperança, felicidade e confiança de que tudo vai melhorar", 

A luta contra a covid-19 é um papel de todos e todas. Além da fé, a arma que toda a sociedade pode contar é a ciência. Todos unidos pela vida e guiados pela emoção mais poderosa que existe: o amor.

* Com informações do repórter Alex Pandini, da TV Vitória/Record TV.

Últimas