Folha Vitória Veja qual microrregião do ES está mais distante do risco muito baixo

Veja qual microrregião do ES está mais distante do risco muito baixo

O principal critério para a classificação de risco muito baixo será a cobertura vacinal por faixa etária. O novo Mapa de Risco começa a valer no dia 08 de novembro

Folha Vitória
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A microrregião Centro-Oeste é que parece estar mais distante de atingir a classificação de risco muito baixo - simbolizada pela cor azul - no novo Mapa de Risco, que começa a valer a partir do próximo dia 08. 

O pior índice é o de idosos vacinados com a dose de reforço contra covid-19. Segundo os dados do Portal Vacina e Confia, apenas 30,25% dos maiores de 60 anos foram imunizado com a D3, um número bem distante da meta eletiva para o risco azul, que é de 90% de cobertura vacinal.

Além da baixa adesão à dose de reforço, no que diz respeito à vacinação dos adultos, 71,19% foram completamente imunizados - a meta para o risco muito baixo é de 80%. 

Já com relação aos adolescentes, de 12 a 17 anos, apenas 56,45% receberam a primeira dose da vacina contra covid-19. A meta de imunização deste público é de 90%.

Composta pelos municípios de Alto Rio Novo, Pancas, São Gabriel da Palha, Vila Valério, São Domingos do Norte, Governador Lindenberg, Baixo Guandu, Colatina, Marilândia e São Roque do Canaã, a microrregião Centro-Oeste é a que apresenta os piores números de cobertura vacinal entre as10 microrregiões do Estado. 

Leia também: Expectativa é de terminar o ano com Mapa de Risco todo "azul" no ES, diz secretário

Entenda o que é necessário para atingir o "risco azul"

O principal critério para a classificação azul - de risco muito baixo - será a cobertura vacinal por faixa etária. Portanto, para uma microrregião chegar a esse estágio, deverá ter pelo menos:

- 80% da sua população adulta com as duas doses da vacina ou dose única;

- 90% dos adolescentes de 12 a 17 anos com pelo menos a primeira dose;

- 90% da população idosa, acima de 60 anos com a 3ª dose

Outro requisito indispensável para que uma microrregião alcance o risco muito baixo para a covid-19 é que cada município tenha pelo menos um ponto para testagem livre, com testes gratuitos e sem necessidade de apresentar sintomas.

Últimas