Folha Vitória Venda de livro sobre canções de Roberto Carlos será revertida para Santa Casa de Cachoeiro enfrentar a covid-19

Venda de livro sobre canções de Roberto Carlos será revertida para Santa Casa de Cachoeiro enfrentar a covid-19

O lucro das obras vendidas será revertido para compra de equipamentos de segurança no enfrentamento da covid-19

Folha Vitória
Foto: Reprodução / Instagram
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Em tempos de pandemia, a solidariedade tem ajudado a salvar vidas. O escritor Maciel de Aguiar, autor do livro “Roberto Carlos: as canções que você fez para mim”, decidiu doar 100 exemplares para a Santa Casa de Misericórdia Cachoeiro. O valor adquirido na venda dos livros será revertido para compra de equipamentos de segurança no enfrentamento da covid-19. 

Os interessados em conhecer a história por trás das canções do cantor e contribuir com a luta contra o novo coronavírus, podem realizar o pagamento de R$ 250 por meio de transferência bancária, picpay ou cartão de crédito. O livro ficará disponível também para venda na recepção principal da Santa Casa. Moradores de outras cidades também podem adquirir o livro e recebê-lo pelos Correios. 

O autor do livro destacou a importância de participar do projeto e ajudar outras pessoas. “É com muito prazer que participo dessa campanha para ajudar a Santa Casa neste momento de absoluta solidariedade. Eu, como autor que tive o privilégio de escrever sobre as músicas dessa personalidade importante de Cachoeiro, fico gratificado de participar desse projeto”, disse Aguiar.

O livro

O escritor Maciel de Aguiar iria lançar o livro na Casa de Cultura Roberto Carlos, casa onde o artista nasceu e viveu em Cachoeiro de Itapemirim, mas devido à pandemia, o evento precisou ser adiado.

A pesquisa para compor o livro começou em 1969. Há mais de 50 anos o escritor perguntava às pessoas que músicas do Rei faziam parte da sua história. 

Foram entrevistados pescadores, boêmios, motoristas, prostitutas até artistas como Vinícius de Moraes, Rubem Braga e Sérgio Sampaio e a própria mãe do Rei, homenageada com a canção Lady Laura.

A coletânea foi feita pela editora Memorial e possui quase 500 páginas de histórias de mais de 50 músicas de sucesso do cantor.

Últimas