Folha Vitória Vendedora é assaltada duas vezes no mesmo dia em Vitória

Vendedora é assaltada duas vezes no mesmo dia em Vitória

Ela foi vítima da ação de criminosos enquanto trabalhava e quando voltava para casa, em um ônibus

Folha Vitória
Foto: Matheus Moraes | Folha Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os passageiros de um ônibus do Transcol foram assaltados na noite desta sexta-feira (18), na altura da Curva do Saldanha, em Vitória. Uma das vítimas já tinha sido assaltada pela manhã, enquanto trabalhava. 

Pela manhã, uma vendedora foi vítima de um assalto enquanto trabalhava, em uma loja de cosméticos da Praia do Canto, também em Vitória. Ela contou que um bandido chegou no estabelecimento, se passando por cliente e em seguida anunciou o assalto.

"Estava trabalhando. Ele queria comprar perfume, somei o que ele pegou e disse o valor. Quando fui pegar a máquina, ele anunciou o assalto, apontou a arma e falou 'perdeu tudo'. Passei o valor do caixa. Ele estava violento, fez ameaças, me trancou no banheiro. Passou um tempo e saiu", relatou a moça.

Além do dinheiro, o assaltante levou também o celular novinho da mulher. "Levaram o celular, que eu estava terminando de pagar. Dói você trabalhar para ter as coisas e acontecer isso" disse a mulher. 

Quando voltava para casa, ela e outros passageiros foram vítimas de um assalto em um ônibusda linha 124, que sai de Estrelinha com destino ao Jardim da Penha.

A vendedora tinha ido até a rodoviária de Vitória buscar a prima e um amigo que vieram de Ibatiba, no sul do Estado. 

"Eles vieram de Ibatiba curtir e aconteceu a tragédia com a gente. O medo que fica, tanto de morador quanto de visitante. Medo e revolta, chega aqui encontra violência, tráfico", contou. 

No momento do assalto havia sete passageiros no ônibus. Todos foram abordados pelo criminoso. Segundo o motorista, o assaltante pegou o ônibus em Santo Antônio, mas só anunciou o assalto na altura da Curva do Saldanha. 

O criminoso passou recolhendo celulares, dinheiro e até documentos dos passageiros e depois fugiu para o Morro do Romão. Segundo as vítimas, o homem estava armado e muito nervoso. 

"Ele apontou a arma para o nosso grupo e levou a carteira, objeto pessoal, cigarro eletrônico, cordão e uma quantia de R$ 450 em dinheiro. A gente percebeu que ele era iniciante, ele apontou a arma e não disse nada. Estava mais nervoso que a gente", contou outro passageiro.

Após toda a ação, o motorista do ônibus levou as vítimas para a Delegacia Regional de Vitória, onde foi registrado o boletim de ocorrência. 

*Com informações da repórter da TV Vitória/Record TV, Gabriela Valdetaro

Últimas