Folha Vitória VÍDEO | Caminhoneiro é agredido por dupla de criminosos em Viana

VÍDEO | Caminhoneiro é agredido por dupla de criminosos em Viana

Ao reduzir a velocidade para passar em um quebra-molas, o motorista de caminhão é rendido por dois criminosos que acabam agredindo a vítima

Folha Vitória

Um caminhoneiro foi rendido por dupla de criminosos, em Viana. Na abordagem, os assaltantes pedem para que ele abra o baú, porém somente a empresa responsável tem acesso. Não satisfeitos, os dois agridem o motorista e roubam o celular da vítima. 

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 19h30, o caminhoneiro, de 59 anos, estava saindo do galpão para trabalhar quando foi rendido pelos criminosos. Um deles apontou a arma para a vítima. 

As câmeras de segurança da empresa responsável pelo caminhão flagraram o momento em que o veículo reduziu a velocidade para passar no quebra-molas. Um dos suspeitos atravessa a pista e anuncia o assalto. A dupla entra no caminhão e pede que o motorista abra o baú para que levarem toda a carga. 

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O veículo conduzido pelo caminhoneiro era rastreado e, portanto, apenas a empresa poderia abrir o compartimento das cargas. Nervosos, um dos assaltantes agride o motorista com um soco no rosto e, em seguida, saem do veículo e levam apenas o aparelho celular da vítima. 

Um comerciante, que prefere não ser identificado, conta que viu o caminhoneiro após o crime e, reclama da insegurança na região. "O policiamento que tem não está dando conta de suprir tudo que precisa".

A Polícia Militar informou que os indivíduos fugiram pela BR-262 e ainda não foram localizados. A vítima foi orientada a registrar o fato na delegacia. Os policiais ressaltaram que, no mês de junho, não receberam nenhum chamado de ocorrência na região.

Segundo a polícia, em casos de suspeita ou ocorrência de crime, uma viatura deve ser acionada através do Ciodes, pois além do atendimento do fato, é por meio deste registro que o comando da 11ª Companhia Independente poderá avaliar atuação no local. 

Últimas