Folha Vitória VÍDEO | Criminosos em van de turismo furtam jet ski em Vitória

VÍDEO | Criminosos em van de turismo furtam jet ski em Vitória

A polícia conseguiu chegar até o responsável pela van, mas ele apresentou uma versão diferente da história

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um jet ski foi furtado após criminosos invadirem um estacionamento no bairro Santo André, em Vitória. A polícia conseguiu chegar até o suspeito, mas a versão dele não convenceu o dono do veículo.

O veículo furtado é do autônomo Tarcísio Bruno. O jet ski estava com ele há dois anos, mas foi furtado na madrugada do último domingo (25) por criminosos que estavam em uma van.

"Estive no estacionamento na segunda-feira de manhã para deixar uns materiais que eu estava transportando no meu carro. Assim que coloquei meu carro na garagem eu me dei conta de que meu jet ski não estava mais no lugar".

A ação dos criminosos começou com o arrombamento do portão. Assim que entraram no local foram direto na vaga em que estava estacionada a moto aquática. Com a ajuda de uma ferramenta, os criminosos quebraram o cadeado que prendia o veículo, pegaram o reboque, acoplaram em uma van e saíram do bairro.

Após buscar empresários que tinham câmeras de segurança pela região, Tarcísio conseguiu ter acesso às imagens de segurança. No vídeo é possível ver o reboque e a moto aquática acoplados na van utilizada para o roubo.

O veículo é avaliado em R$ 30 mil e para navegar com ele é preciso ter a documentação. Caso ele seja comercializado de forma ilegal, o dono disse que o jet ski pode ser flagrado pela Capitania dos Portos e apreendido. Inclusive, essa é uma esperança que Tarcísio tem para recuperar a moto aquática.

"É revoltante. Vamos esperar aparecer e tomara que apareça em nome de Jesus", disse.

Investigações estão avançando

Segundo informações da polícia, pela placa da van utilizada no momento do roubo, a investigação conseguiu chegar até a empresa proprietária do veículo. A empresa de turismo disse que não tem nada a ver com a história, pois deixou a van com um funcionário no dia do furto.

A polícia chegou até o funcionário e ele prestou depoimento. O suspeito disse que realmente estava com a van e que na data do furto estava em um bar de madrugada e no local foi parado por dois homens em uma moto, que pediram para ele fazer um frete.

Porém, o rapaz que teve o jet ski roubado não acredita nessa versão. Testemunhas já informaram a polícia que viram a moto aquática no bairro Jardim Marilândia, em Vila Velha.

* Com informações da repórter Nathalia Munhão, da TV Vitória/RecordTV

Últimas