Folha Vitória VÍDEO | Criminosos rendem funcionários em loja de celular e roubam R$ 30 mil em mercadoria

VÍDEO | Criminosos rendem funcionários em loja de celular e roubam R$ 30 mil em mercadoria

Do estoque da loja foram roubados 15 celulares novos, lacrados, além de dois aparelhos de clientes que estavam em atendimento

Folha Vitória

Uma loja de operadora de telefonia foi assaltada na manhã desta terça-feira (24), em Jardim Camburi, em Vitória. Os criminosos fugiram deixando um prejuízo de mais de R$ 300 mil.

As imagens do circuito interno de segurança de uma loja de telefonia, marcava 9h27 da manhã. Um homem de camisa vermelha entra e fica em pé esperando atendimento. 

Foto: TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Enquanto isso, o funcionário que está na frente de loja segue atendendo uma cliente. Em seguida, um outro indivíduo, também de camisa vermelha entra, fecha a porta e anuncia o assalto. 

Enquanto ele rende o funcionário que estava abaixado próximo à vitrine, um terceiro criminoso aparece e ajuda a render e levar todos que estava na parte da frente da loja para os fundos. Ao todo havia 7 pessoas no local, entre funcionários e clientes.

Do estoque da loja foram roubados 15 celulares novos, lacrados, além de dois aparelhos de clientes que estavam em atendimento, um deles inclusive comprou o aparelho um dia antes. 

Enquanto todo mundo permanecia trancado, os indivíduos voltaram para frente de loja e fizera a limpa. Começaram a pegar os notebooks que eram usados pelos funcionários no atendimento ao cliente. 

Nas imagens é possível ver eles escolhendo os equipamentos e colocando debaixo dos braços. Quando já estavam se preparando pra ir embora, encontraram mais dois computadores portáteis numa caixa e pegaram também. Levaram no total 4 notebooks.

De acordo com o proprietário, essa é a primeira vez que a loja em Jardim Camburi é alvo de criminosos, mas é o quarto assalto em menos de três meses nas lojas da mesma operadora que ficam na Grande Vitória. Um prejuízo total de cerca de R$ 110 mil.

Uma funcionária que prefere não ser identificada contou que os criminosos não mostraram armas, mas diziam que se não entregassem tudo que eles queriam, matariam todos. 

Já o empresário, desanimado e com vontade de desistir do negócio, destacou que não sabe mais o que fazer pra evitar que suas lojas continuem sendo assaltadas. No caso de hoje, uma ação criminosa que durou menos de 5 minutos, deixou um prejuízo de mais de R$ 30 mil.

*Com informações da repórter Polyana Martinelli, da TV Vitória / Record TV.

Últimas