Folha Vitória VÍDEO | Empresário morre após ficar internado por dois meses, depois de ter sido baleado

VÍDEO | Empresário morre após ficar internado por dois meses, depois de ter sido baleado

Pedro Paulo foi baleado durante um assalto em sua casa no dia 1º de março; os suspeitos levaram eletrodomésticos e uma bicicleta

Folha Vitória
Foto: Acervo pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O empresário Pedro Paulo Corteletti morreu esta semana após ficar quase dois meses no hospital, depois de levar um tiro durante um assalto à sua residência, em Rio Marinho, Vila Velha. 

Leia aqui: Empresário é baleado durante assalto dentro de casa em Vila Velha

A casa do empresário foi invadida no último dia 1º de março. Criminosos levaram eletrodomésticos e uma bicicleta e Pedro Paulo foi baleado. A namorada do empresário preferiu não se identificar porque os bandidos ainda estão soltos, mas conversou com a equipe de reportagem da TV Vitória/Record TV. 

"Estava conversando com ele antes, e depois ele parou de responder. Um tempo depois, chegou a mensagem que ele tinha levado um tiro", contou a namorada.

O homem de 51 anos era dono de uma marmoraria e trabalhava na área de mármore e granito há anos. Nos últimos dias, a esperança dele era deixar o hospital. Na última mensagem enviada para a namorada, ele disse que a amava. "Ele estava consciente e perto de ganhar alta", lamentou ela. 

A vítima deu entrada no hospital em estado grave e precisou ir para UTI. O tiro perfurou órgãos, dentre eles o fígado e o baço. Com o tempo, Pedro Paulo foi melhorando e tinha expectativa de alta.  Quando começou a passar muito mal, apresentou febre e não resistiu. 

"Uma pessoa que lutou a vida toda para no final terminar desse jeito. Eu não tenho nem palavras, não tem como trazer ele de volta. Objetos você trabalha e compra de novo, a vida não", finalizou abalada. 

Assista a entrevista: 

*Com informações da repórter Nathalia Munhão da TV Vitória / Record TV 

Últimas