Folha Vitória VÍDEO | Família do ES recebe vídeo de suposto parente desaparecido há quase 50 anos

VÍDEO | Família do ES recebe vídeo de suposto parente desaparecido há quase 50 anos

O vídeo de Osvaldo Januário Rodrigues chegou até os capixabas, que agora tentam descobrir se ele é um familiar desaparecido desde a década de 70

Folha Vitória

Uma família da Serra recebeu um vídeo, por meio das redes sociais, em que um homem, identificado como Osvaldo Januário Rodrigues, diz estar em busca de seus familiares que não vê há anos. 

O homem, segundo eles, pode ser um familiar desaparecido desde a década de 70, que coincidentemente também está sendo procurado pelos parentes. 

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

No vídeo, Osvaldo, diz estar em busca de seus irmãos: Juarez Dionísio, Francisco Vanda, Maria da Conceição e Luciano Rodrigo. 

Ele informou também o nome dos pais: Noé Candido Rodrigues e Agostinha Julia de Jesus Rodrigues.

Em entrevista ao jornal online Folha Vitória, a auxiliar de pesquisa Michele dos Santos, de 32 anos, contou que sua tia compartilhou o vídeo com os familiares e  todos ficaram chocados com a tamanha semelhança nas informações. 

"Recebi o vídeo de uma tia, que mandou para todos da família informando que esse homem é um irmão desaparecido da minha avó. No vídeo, ele se identifica com o nome completo, que bate com o nome desse familiar que sumiu. Além disso, ele também fala o nome do pai e da mãe, que também são idênticos ao da minha avó", contou. 

Foto: Divulgação/ Michele dos Santos
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A avó de Michele se chama Maria da Conceição de Jesus, de 77 anos, mesmo nome citado por Osvaldo no vídeo. Segundo Michele, sua avó está ansiosa para encontrar o irmão que não vê há anos.

"Minha avó, hoje, tem 73 anos. Ela jamais esperaria encontrar esse irmão. Todos estão felizes e surpresos com essa história. Agora vamos em busca dele. Vamos divulgar o vídeo com nosso contato para que a gente alcance um grande número de pessoas", afirmou. 

Segundo Michele, a triste história do desaparecimento de seu tio-avô começou na cidade de Braúnas, em Minas Gerais.

"A história aconteceu no ano de 1973. Ele foi para um dia de trabalho e nunca mais retornou para casa. Toda a família da minha mãe, que na época tinha dois anos, morava em Braúnas, Minas Gerais".

Antes do vídeo, a única informação que a família tinha era de que o irmão estaria em São Luiz do Maranhão, mas nada foi confirmado até o momento. Agora, com surgimento deste vídeo, os familiares esperam confirmar com Osvaldo o parentesco e poder curar uma saudade que dura mais de 50 anos.  

Como ajudar? 

Quem souber mais informações sobre o caso, pode entrar em contato com pelo número (27) 98851-6549 e falar com Michele. 

Últimas