Folha Vitória VÍDEO | Homem é agredido com chicote após reclamar de cavalo na Praia de Itapoã, em Vila Velha

VÍDEO | Homem é agredido com chicote após reclamar de cavalo na Praia de Itapoã, em Vila Velha

Ele disse que procurou a Guarda Municipal, mas afirmou que não conseguiu ser atendido pelos agentes

Um homem, de 55 anos, foi agredido com um chicote depois de reclamar com outro homem que estava andando a cavalo na Praia de Itapuã, em Vila Velha. A confusão aconteceu nesta segunda-feira (17).

A vítima, Célio da Penha, gravou um vídeo em que mostra a situação. Nas imagens, um homem aparece com um cavalo na areia da praia. No vídeo, é possível ouvir o Célio reclamando da falta de fiscalização no local. 

De acordo com a vítima, depois de dizer para o homem que ele não podia ficar com animal na areia, o suspeito teria o agredido com um chicote.

"Quando eu avistei esse rapaz com o cavalo do lado do parquinho das crianças, filmei e falei que ele não poderia ficar ali. Depois, continuei meu caminho. Fui até a Guarda Municipal, tinha uma guarnição com três agentes, conversei com um rapaz e ele falou que não era atribuição dele, mas do 162. Fui embora, andei uns 200 metros e comecei a ouvir um galope. Era o rapaz do cavalo já vindo para cima de mim dando umas chicotadas. Eu consegui segurar o braço dele, segurar o cavalo e comecei a rodar o cavalo", disse.  

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Após a confusão, Célio contou que procurou os agentes da Guarda Municipal novamente, mas, segundo ele, sem sucesso.

"Voltei na Guarda, mostrei meus ferimentos, as pessoas que estavam lá me falaram que não poderiam sair do posto e me pediram para ligar para o 191 e pedir uma viatura. Esperei uns 50 minutos", afirmou.

O homem foi até a Delegacia de Vila Velha e registrou um boletim de ocorrência. Ele disse que também vai procurar a prefeitura. 

O que diz a prefeitura de Vila Velha? 

Em nota, a prefeitura de Vila Velha informou que a lei municipal nº 6385/2020 não permite a circulação de equídeos que possam causar ameaça à integridade física de pessoas ou outros animais na praia. Além disso, a lei municipal nº 5701/2015 proíbe veementemente animais em praias.

A prefeitura afirmou que a presença de cavalos não é tolerada, podendo haver a apreensão do animal pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Os moradores são orientados a informar ocorrências deste tipo pelo telefone 162 ou pelo site www.vilavelha.es.gov.br/ouvidoria.

Sobre a reclamação da vítima sobre a falta de ação da Guarda Municipal, a prefeitura informou que mediante o relato da vítima, de que havia sido agredida, o agente acionado repassou o ocorrido, incluindo características do agressor para a Central, com o objetivo de que alguma viatura pudesse localiza-lo. Disse ainda que, até o momento, não foi possível encontrá-lo. 

A prefeitura destacou que a ação já está sendo averiguada internamente.

*Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV.

Últimas