Folha Vitória VÍDEO | Homem invade distribuidora de bebidas após dormir na calçada do estabelecimento

VÍDEO | Homem invade distribuidora de bebidas após dormir na calçada do estabelecimento

Após entrar no local, o criminoso roubou dinheiro do caixa e alguns produtos como cigarros e garrafas de bebidas

Folha Vitória

Um homem invadiu uma distribuidora de bebidas após dormir na calçada do estabelecimento no bairro Jardim Camburi, em Vitória. A ação foi flagrada por uma câmera de videomonitoramento e no local, o criminoso levou todo o dinheiro, além de alguns cigarros.

Nem mesmo o investimento em câmeras de segurança ou a instalação de placas alertando o monitoramento foram capazes de inibir a ação do criminoso, que além de trazer prejuízos, fez isso logo após dormir em frente ao local.

"Cheguei e a abrir tudo. Comecei a ver o que eles tinham levado, percebi que sumiu dinheiro do caixa, sumiu uma garrafa de bebida e as moedas do troco", explicou o proprietário da distribuidora, Paulo Vitor Lopes.

Para ter acesso à parte interna do estabelecimento, o criminoso precisou passar por várias barreiras como câmera, fechadura e grade, mas nada impediu a ação, já que ele foi para o local com ferramentas na mochila.

A placa na frente do estabelecimento indica que a área é monitorada pela Polícia Militar, mas para o representante dos comerciantes de Jardim Camburi, só o monitoramento não é o suficiente.

"Se tem uma câmera aqui e ele não se sente intimidado, imagina uma placa dizendo que é monitorado. Placa não monitora nada, mas sim uma câmera, mas mesmo assim o cara está entrando nos estabelecimentos", apontou o presidente da Associação Comercial de Jardim Camburi, Enock Sampaio Torres.

Quem conhece Jardim Camburi acredita que a melhor estratégia para inibir a ação de ladrões não é só policiamento na rua, mas investigações efetivas nas delegacias.

"O sonho da comunidade é que os crimes sejam investigados e para isso tem que ter efetivo na Polícia Civil e também na Polícia Militar, apesar de que a Polícia Militar ainda é a única coisa que nós temos, mas não vemos os crimes serem investigados, pessoas estão deixando de fazer o boletim de ocorrência porque não vê investigação chegar ao fim", afirmou Torres.

Poucas horas após a invasão na distribuidora de bebidas, o proprietário já trocou o cadeado, modernizou a fechadura e promete investir ainda mais na segurança do local. Tudo para tentar trabalhar com mais tranquilidade.

"Vamos tentar aumentar a segurança, colocar mais alarme e torcer para não acontecer de novo", disse Paulo Vitor.

A Polícia Civil orienta que as vítimas desse tipo de caso registre a ocorrência para que os policiais iniciem as investigações. A população pode contribuir com o trabalho da polícia através do Disque-Denúncia 181.

* Com informações da repórter Nathalia Cardoso, da TV Vitória/RecordTV

Últimas