Folha Vitória VÍDEO I Fiscalização integrada em Vila Velha interrompe festa clandestina com 60 pessoas

VÍDEO I Fiscalização integrada em Vila Velha interrompe festa clandestina com 60 pessoas

Em Vitória, fiscais e Guarda Municipal abordaram 64 estabelecimentos; a boêmia Rua da Lama estava vazia com bares fechados na noite de sábado (27)

Folha Vitória

Uma festa clandestina com 60 pessoas, em Retiro do Congo, foi interrompida pela fiscalização integrada da prefeitura de Vila Velha na noite deste sábado (27). Os agentes da Guarda Municipal se uniram a integrantes da Polícia Militar, Polícia Civil, fiscais de Postura, Meio Ambiente, Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros. O evento desrespeita o decreto estadual que recomenda interrupção de atividades para não estimular aglomerações durante a pandemia do novo coronavírus. Foram notificados e fechados ainda dois bares que atuavam com mesas aberta a clientes.

Foto: Divulgação/ Prefeitura de Vila Velha
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A equipe, que atua nos três turnos (matutino, vespertino e noturno) fiscalizou ontem 19 estabelecimentos em diferentes bairros da cidade canela-verde. Os locais foram abordados, notificados e fechados em seguida.

Em relação à movimentação nas praias, o número de pessoas circulando na orla, na observação da prefeitura, foi menor do que o normal, inclusive durante este final de semana. Além disso, num trabalho conjunto com a Guarda Municipal, Defesa Civil e Secretaria Municipal de Saúde, uma barreira sanitária foi instalada na orla da Praia da Costa para conscientizar os motoristas que passam pela avenida. As linhas de ônibus municipais foram suspensas e os seis bolsões de estacionamento ao longo da orla (desde a Praia de Itaparica até o fim da Praia da Costa) foram interditados.

Vitória

Em Vitória, de quinta-feira (25) até sábado (27), o Comitê Integrado Contra a Covid-19 fez vistoria em 64 estabelecimentos na cidade. As equipes das secretarias de Desenvolvimento da Cidade, Meio Ambiente, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros orientaram comerciantes sobre as regras de funcionamento durante a quarentena.

No sábado, 26 estabelecimentos foram vistoriados em Jardim Camburi, sendo quatro praças. Desses, 11 estabelecimentos estavam fechados e cinco foram orientados e regularizaram o funcionamento (atuação em delivery). Nos demais não houve constatação de irregularidade.

Cinco ambulantes estavam em funcionamento e tiveram as atividades paralisadas. Nas praças Nilze Mendes, Sagrada Família, Coronel Leôncio Vieira Resende e no Atlântica Parque, não havia a presença de comércio ambulante.

Já na Rua da Lama, em Jardim da Penha, todos os estabelecimentos estavam fechados e sem a presença de ambulantes.

Serra e Cariacica

Em Cariacica, um bar foi autuado por estar aberto e fornecendo bebida a clientes na noite de sábado. Na Serra, ocorrem neste final de semana fiscalizações integradas e barreiras sanitárias, principalmente nas orlas. Participam o Departamento de trânsito ,Guarda Municipal, Fiscalização de posturas, Fiscalização de meio ambiente ,Vigilância sanitária, Polícia civil e Militar e o Corpo de Bombeiros. 

Ambas as prefeituras não forneceram mais detalhes por divulgarem o balanço das operações de fim de semana na segunda-feira. 

Últimas