Folha Vitória VÍDEO | Jovem morto em Serra-Sede é sepultado; família defende que ele não tinha envolvimento com a criminalidade

VÍDEO | Jovem morto em Serra-Sede é sepultado; família defende que ele não tinha envolvimento com a criminalidade

Rapaz foi morto, enquanto aguardava a irmã que estava em uma agência bancárua

Folha Vitória
Foto: Acervo Familiar
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O jovem Flávio da Conceição Santos, morto em Serra-Sede, foi enterrado na tarde desta quarta-feira (19), no cemitério de Carapina, no mesmo município. A família acredita que ele foi assassinado por engano.

Segundo os parentes, o futebol era a paixão do jovem de 25 anos, que foi morto na manhã de terça-feira (18), enquanto aguardava na calçada a irmã, que estava em uma agência bancária.

"O time que ele joga está muito triste. Eles perderam um grande artilheiro do futebol", lembrou Eliane de Jesus da Conceição, prima da vítima.

Flávio era o mais novo dos sete filhos de dona Elza Conceição dos Santos. Era o que estava por perto o tempo inteiro e cuidava dela. "Meu filho era exemplar, super educado, um garoto que não gostava de discussão. Ele tinha muitos sonhos", disse a mãe.

Ele trabalhava, amava futebol, mas tinha o desejo de fazer um curso profissionalizante. "Ele estava trabalhando de segurança, mas queria fazer o curso de segurança armada", contou dona Elza.

Neste vídeo, enviado por um familiar, Flávio comemora os três gols que fez numa partida de futebol, que terminou com a vitória do time, em que era artilheiro. 

Flávio era muito querido na empresa de segurança em que trabalhava. O supervisor não quis gravar entrevista, mas conversou com a equipe da TV Vitória/Record TV. Ele disse que o jovem trabalhava na empresa há 4 anos e que era um profissional exemplar. 

Após receber a notícia da morte do filho, dona Elza não sabe o que vai fazer para suportar mais uma perda. Há cerca de 5 meses, ela perdeu um outro filho e uma neta em um acidente de trânsito. "Só Deus para me confortar, eu não sei mais o que fazer", ponderou. 

A família acredita que o jovem foi morto por engano e espera por justiça. "Que a justiça de Deus venha ser feita na vida dessa pessoa. Ele era inocente", concluiu a mãe do jovem. 

A Polícia Civil informou que o fato será investigado por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra. Até o momento, nenhum suspeito de cometer o crime foi detido. 

A população pode auxiliar na investigação por meio do telefone 181. O Disque-Denúncia é uma ferramenta segura, onde não é necessário se identificar para denunciar. Todas as informações recebidas são investigadas. 

*Com informações da TV Vitória/Record TV

Últimas