Folha Vitória VÍDEO | Mulher diz que é perseguida pelo ex-marido e o acusa de ter destruído carro

VÍDEO | Mulher diz que é perseguida pelo ex-marido e o acusa de ter destruído carro

A jovem contou que já sofreu agressões do ex e que durante o casamento, ao menos 20 boletins de ocorrência e medidas protetivas foram registradas contra o homem

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma empresária de 25 anos, moradora de Guarapari, afirma que teve o carro quebrado pelo ex-companheiro, na noite da última segunda-feira (05). Lorena Neves Mendonça, gravou um vídeo mostrando o estado em que ficou o veículo e publicou nas redes sociais, acusando o ex-marido de perseguição.

De acordo com a jovem, há seis meses a relação do casal - que durou 4 anos - acabou, mas segundo ela, o homem está inconformado. Os dois têm uma bebê, que completou três anos na última segunda-feira (05).

Segundo a moça, por volta das 19 horas, ela foi buscar salgados para a festa da criança, quando recebeu uma ligação do porteiro, avisando que o ex-marido dela estava na frente do prédio quebrando o veículo com um taco de beisebol.

"A hora que eu desci meu carro estava todo destruído. Eu fiquei chocada. Estava cheio de gente aqui e falaram que ele pegou um taco de beisebol e quebrou os vidros todinhos do meu carro", contou a empresária.

A jovem contou que já sofreu agressões do ex e que durante o casamento, ao menos 20 boletins de ocorrência e medidas protetivas foram registradas contra o homem. 

"Chegou uma hora que eu não aguentei mais, eram muitas brigas, eu ele brigávamos demais, era muita discussão, muita ofensa, agressão. Ele já me agrediu várias vezes, inclusive quando eu estava grávida", relatou a jovem.

A mulher disse que tem medo de sair de casa e que nem no trabalho ela consegue ir. "Eu tenho medo, eu amo trabalhar, eu amo a minha loja, mas como que fica? Eu vou la, mas logo volto. Vou pra academia, mas só ando acompanhada. Eu espero justiça. Ele espero que alguém faça alguma coisa, que dê um basta nisso, porque ele vai acabar me matando. Porque ele já quebrou o vidro da minha loja, ele já quebrou o meu carro todo, ele já me agrediu. Vou esperar esse cara fazer mais o que?", desabafou a mulher.

A Polícia Civil informou, por nota, que existem três Boletins de Ocorrência registrados na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Guarapari, em que a empresária figura como vítima. O primeiro foi registrado em abril deste ano, e gerou uma Medida Protetiva de Urgência. Após este registro, a vítima compareceu à DEAM outras duas vezes, informando o descumprimento da Medida Protetiva por parte do suspeito, de forma que a delegada responsável pelo caso representou pela prisão do indivíduo em julho deste ano, no entanto, o pedido foi indeferido pelo poder judiciário.

A vítima compareceu na manhã de hoje à DEAM de Guarapari e registrou ocorrência sobre os fatos mais recentes. Segundo a polícia, todas as providências cabíveis estão sendo tomadas, para investigar o caso. 

Outro lado

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A produção da TV Vitória / Record TV tentou contato com o ex-companheiro da vítima, que informou por telefone que não quer se pronunciar no momento sobre o episódio do veículo quebrado. 

Já sobre os vidros da loja da empresária, em que a mulher diz que ele também foi o responsável pelo 'quebra-quebra', o homem publicou nas redes sociais, na época, um vídeo dizendo que sempre foi um marido e um pai exemplar e que as pessoas que convivem com ele sabem da verdade.

* Com informações da repórter Marla Bermudes, da TV Vitória / Record TV

Últimas