Folha Vitória VÍDEO | Suspeito de liderar quadrilha de desmanche de caminhões é preso em Vitória

VÍDEO | Suspeito de liderar quadrilha de desmanche de caminhões é preso em Vitória

O carro do suspeito foi abordado pelos agentes da Guarda Municipal da capital, próximo a praça do bairro Jucutuquara

Folha Vitória

Um homem suspeito de liderar uma quadrilha que furtava, desmanchava e vendia peças de caminhões foi preso em Vitória. Ele tem 38 anos e estava foragido da Justiça há dois meses. 

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O suspeito foi detido pela Guarda Municipal da capital. A prisão aconteceu após a Superintendência da Polícia Civil do Norte do Espírito Santo receber informações de que o individuo circulada por Vitória.

O sistema de inteligência da Guarda identificou que o indivíduo passou pela região da avenida Vitória, em Jucutuquara. O carro foi parado pelos agentes, próximo a praça do bairro, e o homem acabou detido, nesta segunda-feira (19). 

Ele não resistiu a prisão, mas, segundo o secretário de Segurança Urbana de Vitória, Icaro Ruginski, ele tentou destruir o próprio celular, na intenção de eliminar provas contra ele. 

Quadrilha responsável por desmanche de caminhões

O homem detido é, de acordo com a polícia, uma pessoa importante na quadrilha responsável pelo desmanche de caminhões. O superintendente da Polícia Civil do Norte do Estado, João Francisco Filho, explicou que o rapaz era o responsável por contratar pessoas para furtar e realizar o desmanche.

"Ele era o elo pensante da quadrilha. Ele pagava quem furtava os caminhões, era quem arrumava o local onde era realizado o desmanche e era quem vendia as peças", frisou o delegado.   

Além do homem detido, a Polícia Civil segue em busca do pai dele e de outros suspeitos, que também seriam integrantes da mesma quadrilha.

Segundo o superintende, a prisão é de extrema importância para evitar este tipo de crime. As investigações apontam que ao menos 40 caminhões foram furtados no Espírito Santo pelo grupo. "Ele era o grande líder. Com essa prisão, a quadrilha ficou desarticulada", afirmou. 

A Polícia Civil afirmou que a prisão do suspeito faz parte da segunda fase da Operação Carga Pesada, e que ela só irá terminar quando os outros suspeitos que ainda estão foragidos estiveram presos. "Não vamos encerrar a operação, enquanto não prendermos todos dessa quadrilha. Os primos do suspeito já estão presos. O pai está foragido", disse.

LEIA TAMBÉM: Quadrilha especializada em furto de caminhões no ES fazia desmanche em aldeia indígena

Para o secretário de Segurança Urbana de Vitória, Icaro Ruginski, a prisão do rapaz é importante para diminuir a criminalidade. "Essa prisão é importante e demonstra uma integração da Polícia Civil com a Guarda Municipal de Vitória. Além dos dois mandados de prisão, ele também estava em um carro com suspeita de estar clonado, com adulteração", disse.

OUTRO LADO: Suspeito nega acusações

Em nota, a defesa de Valmir Cesar Vagner afirmou que ele é primário, de bons antecedentes e negou as acusações de que ele seja líder de qualquer associação ou organização criminosa ligada a prática de quaisquer espécies de crime e que  sua inocência será devidamente demonstrada durante a fase probatória ao longo dos processos. Por fim, esclareceu que Valmir não tem passagem por tráfico de drogas. 

*Com informações da repórter Polyana Martinelli, da TV Vitória/Record TV.

Últimas