Folha Vitória VÍDEO | Três pessoas da mesma família são filmadas furtando perfumes em Jardim Camburi

VÍDEO | Três pessoas da mesma família são filmadas furtando perfumes em Jardim Camburi

Os investigados prestaram depoimento e foram liberados, pois não houve flagrante da ação; eles serão indiciados por furto qualificado, com pena prevista de até oito anos

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Mãe, filho e sobrinha foram filmados por câmeras de videomonitoramento de uma loja de Jardim Camburi, em Vitória, furtando perfumes. O crime aconteceu no dia 11 de setembro deste ano, em uma loja localizada em um shopping do bairro. Segundo a polícia, o trio furtou nove frascos de perfumes, totalizando um prejuízo de mais de mil reais.

“Durante as investigações, o que mais chamou a atenção da equipe foi o fato de os três serem da mesma família, sendo mãe, filho e sobrinha. A mãe tinha a função de distrair a vendedora, enquanto o filho e a sobrinha furtavam os objetos”, explicou o titular do 5º Distrito Policial, Fabiano Rosa.

O homem tem 26 anos, a mãe dele tem 49 e a sobrinha, 38. Os três são moradores de Vitória e já prestaram esclarecimentos na delegacia. “A mulher de 38 anos assumiu a autoria do furto e alegou ser dependente química. Já o homem e a mãe dele tentaram negar envolvimento no crime, mas as imagens deixam claro que os três agiram em conjunto”, esclareceu o delegado.

As duas mulheres já têm passagens anteriores por furto. O homem não possuía ficha criminal. Os investigados serão indiciados por furto qualificado, com pena prevista de até oito anos. Apesar de identificados, os suspeitos não foram presos porque não estavam em estado flagrancial.

Segundo a polícia, a identificação dos suspeitos demonstra a importância do registro do Boletim de Ocorrência para a elucidação de crimes. A Polícia Civil orienta que as vítimas desse tipo de caso registrem a ocorrência, podendo comparecer pessoalmente a uma delegacia ou realizar o registro por meio da Delegacia Online, https://delegaciaonline.sesp.es.gov.br, para que a Polícia Civil tome ciência do caso e inicie as investigações.

Últimas