Folha Vitória VÍDEO | Turistas vêm ao ES para visitar familiares e são assaltadas em rua de Vila Velha

VÍDEO | Turistas vêm ao ES para visitar familiares e são assaltadas em rua de Vila Velha

Moradores do bairro onde aconteceu o crime afirmam que assaltos já fazem parte do cotidiano

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um grupo de turistas da Bahia, que está em Vila Velha para visitar familiares, foi alvo de um assalto, na noite de segunda-feira (26), quando passava por uma rua do bairro São Conrado. A ação dos suspeitos foi registrada pelas câmeras de segurança da região. 

Os criminosos pararam um carro na rua e aguardaram pelas vítimas. Quando as três jovens passaram pela calçada, dois homens desceram do veículo e correram atrás delas. Um deles arrancou a bolsa de uma das vítimas com violência. Outra jovem jogou a bolsa no chão e o suspeito pegou. 

Por sorte, os celulares das vítimas estavam nos bolsos e, por isso, não foram levados pelos dois rapazes. Um dos suspeitos estaria armado. Após o assalto, os criminosos entraram no carro e fugiram.

Duas das três vítimas não moram no Espírito Santo. Elas estão no estado para visitar os familiares e lembram do momento de sufoco que passaram. "Na hora que a gente estava passando em frente ao carro, o cara já saiu e tentou puxar a bolsa. Eles só levaram os documentos e a bolsa. Estávamos com bastante medo deles atirarem. O tempo todo pedíamos para eles não atirarem", contou. 

Segundo moradores, os assaltos na região já fazem parte do cotidiano. Uma mulher que mora há 25 anos no bairro contou que presenciou pelo menos cinco roubos nos últimos dois meses. "Na padaria, o cara chegou a agradecer depois de assaltar. A moça que trabalhava lá pediu para sair, com medo", disse. 

A moradora e o esposo presenciaram parte do assalto desta segunda-feira (26) e contaram que o maior medo foi dos assaltantes atirarem. Agora, mais uma vez, segundo a moradora, resta a insegurança e a preocupação de sair até no portão de casa. "Eles só não fizeram nada com as jovens porque meu marido e meu cunhado vieram até o portão. Eles perceberam e correram para dentro do carro. A gente fica apavorado", afirmou. 

*Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV. 

Últimas