Folha Vitória VÍDEO | 'Ver ele no DML foi a coisa mais triste', diz irmão de contador morto durante assalto em Cariacica

VÍDEO | 'Ver ele no DML foi a coisa mais triste', diz irmão de contador morto durante assalto em Cariacica

Rodrigo Silva da Vitória, de 44 anos, foi morto durante uma tentativa de assalto no bairro Bela Aurora, na tarde de domingo (7)

O corpo do contador Rodrigo Silva da Vitória, de 44 anos, assassinado a tiros após uma tentativa de assalto neste domingo (06), em Cariacica, foi liberado pela família e será sepultado nesta segunda-feira (07). 

O crime aconteceu no bairro Bela Aurora e toda ação foi flagrada pelo sistema de videomonitoramento de uma das residências da região.  

O irmão mais velho da vítima, o gerente de transportes, Jairo Silva da Vitória, conversou com a equipe de reportagem da TV Vitória/Record TV e desabafou sobre a morte do contador. 

Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Segundo ele, o irmão era uma pessoa querida por todos que o conheciam, principalmente pelos moradores do bairro onde morava.

"Meu irmão era um cara trabalhador, estudou, correu atrás de tudo e eu tenho que ver meu irmão jogado no chão. Ver ele no DML foi a coisa mais triste. Nós só queríamos justiça", desabafou Jairo. 

"Nós tínhamos apenas um ano de diferença. deixou duas filhas, uma de dois e uma de três anos. Que país que nós vivemos? Cadê os direitos humanos para as pessoas de bem, para as pessoas que trabalham?", disse ele, emocionado.

Imagens mostram ação de suspeitos durante assalto

No vídeo, é possível ver quando a vítima conversava com um vizinho, perto de uma criança, no momento que a tentativa aconteceu. 

Dois suspeitos desceram de um veículo e anunciaram o assalto. A princípio, ele não reagiu e até levantou as mãos.

Um dos criminosos pegou a chave do carro e o outro tirou o cordão do pescoço de outra vítima. Antes de entrar no carro de Rodrigo, um suspeito fez ameaças apontando a arma de fogo para ele. 

O criminoso tentou ligar o carro, mas não conseguiu e desceu do veículo. No mesmo momento, um carro preto parou em direção à vítima. Foi quando Rodrigo reagiu e partiu para cima do suspeito. 

A vítima foi baleada e voltou correndo atrás do criminoso, que entrou no carro cinza e fugiu. O contador não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos ainda não foram localizados. A família do contador pede por justiça para o crime que deixou duas meninas e um jovem de 20 anos órfãos. 

Leia também: Homem saía de festa de aniversário quando foi morto em Cariacica

Últimas