Folha Vitória Vigilante do ES é eleita a mais bonita do país no Miss Segurança

Vigilante do ES é eleita a mais bonita do país no Miss Segurança

Rosimere Freitas, de 32 anos, mora em Linhares, no Norte do Estado e ganhou o concurso realizado neste final de semana; "sou apaixonada pela minha profissão", disse, emocionada

Folha Vitória
Foto: Divulgação Miss Segurança Brasil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A capixaba Rosimere Freitas, de 32 anos, foi coroada Miss Segurança 2020. Moradora de Linhares, no Norte do Espírito Santo, ela trabalha há pouco mais de dois anos na área da segurança privada. 

Por conta da pandemia, a cerimônia da 6ª edição do concurso aconteceu de forma virtual na noite de sábado (15).

Feliz e emocionada com o título, a capixaba destacou a importância da representação feminina em um setor predominantemente formado por homens. 

"Fiquei muito emocionada de ter ganhado o concurso. Ver a emoção e orgulho nos olhos dos meus pais, do meu filho, que me chama de 'MaMiss', não tem preço. O fato de nós mulheres estarmos ganhando espaço na área é uma conquista enorme! Estamos vencendo preconceitos e derrubando certas barreiras impostas pela sociedade", disse.

Rosimere foi escolhida pelos jurados entre as 13 concorrentes que participaram da fase decisiva do concurso. 

"É uma honra muito grande participar. É emocionante estar representando a categoria, estar representando milhares de mulheres do seguimento. Não é fácil mostrar o nosso trabalho no dia a dia, a nossa força. Não estou desmerecendo o trabalho masculino, mas nós estamos ganhando cada dia mais espaço neste setor", declarou. 

A jovem já atuou em outras áreas do mercado de trabalho. Antes de ingressar na segurança privada, Rosimere foi motorista de ônibus escolar. 

"Eu não queria trabalhar na área. Foi quando um amigo me apresentou a segurança privada. Eu fiz o curso, graças a Deus, tive êxito e gostei bastante. Na época do curso eu estava me recuperando da dengue hemorrágica. Foi um pouco difícil", contou. 

Mesmo diante dos obstáculos, a capixaba não desistiu. Pouco tempo após concluir o curso, ela conseguiu um emprego no setor, no qual permanece até os dias atuais. 

Rosimere contou que conheceu o concurso antes mesmo de ingressar no setor. Quando começou a trabalhar como segurança, a capixaba queria representar a empresa em que atua e participar do concurso. "Foi algo que não era planejado, mas acabou acontecendo. A empresa comprou a minha ideia e hoje estamos aqui, vencedoras".

Coroada a mais bela vigilante do país, Rosimere faz questão de destacar o orgulho que sente da profissão. 

"Eu sou apaixonada pela minha profissão. Gosto muito! Desempenho com todo o meu amor e carinho. Eu acredito que, quando você coloca amor e carinho nas coisas que você faz, elas acontecem da melhor forma possível", declarou.

Os desafios para a capixaba são como combustível para seguir em frente e lutar pelo que se deseja. Com força, garra e determinação, Rosimere mostrou que sempre é possível alcançar os objetivos. 

"É cheio de desafios, mas eles estão aí para serem vencidos. Nós estamos vencendo um a cada dia. Eu digo 'nós', porque todas nós, mulheres, passamos por dificuldades neste meio, que é predominante masculino. Tem um certo preconceito, uma certa relutância, mas a gente sabe da força que temos. Somos mães amorosas, esposas dedicas e profissionais excelentes. E tudo isso, ao mesmo tempo!", frisou.

A, agora, Miss Segurança deixou o seu recado para quem pretende um dia ingressar na área. "Tenho amor a minha profissão e digo aos que estão querendo entrar nessa área: é uma profissão honrosa demais. Somos incumbidos de servir e proteger. Somos um bem necessário", finalizou.

Confira a final do concurso Miss Segurança 2020:

Últimas