Gazeta Digital Lixo está sendo jogado na frente das casas no córrego do Gambá

Lixo está sendo jogado na frente das casas no córrego do Gambá

Córrego do Gambá, Dom Aquino

Córrego do Gambá, Dom Aquino

Gazeta Digital

A moradora Rita Maria Gomes, residente há 36 anos na rua General Camisão número 504, em frente ao córrego do Gambá, próximo à Avenida Carmindo de Campos, no bairro Dom Aquino em Cuiabá, reclama do lixo que está sendo jogado na frente da sua casa.  

Segundo Rita, os moradores que vivem ao redor do córrego estão sendo penalizados por pessoas de fora ou até mesmo por um descaso da prefeitura de Cuiabá. Ela acrescenta que a frente da sua residência virou um depósito de lixo.

Veja também - Moradores reclamam de matagal em ponto de ônibus no Buriti

"A situação está tão feia. Há 3 anos que estamos vivendo nesse abandono, moradores de outros bairros começaram a trazer lixos para cá e nisso foi perdendo o controle. Hoje em dia surge gente de todos os lados, com carrinho de mão, carro e até mesmo com caminhão e descarregam lixo, como por exemplo, sofá, cama, colchões e entre outros móveis velhos, inclusive gato e cachorro morto", desabafa a moradora.

Rita afirma que antes a prefeitura dava uma assistência, mas de um tempo para cá nada tem sido feito. Conforme ela, as pessoas que moram próximo ao local estão tendo que conviver com o mal cheiro, lixos e o matagal que tem tomado conta de todo o córrego. E isso tem trazido um pavor aos moradores, pois no local há um ponto de ônibus cercado por mato e lixo.

O temor gerado pela situação tem tomado conta das pessoas. Edson dos Santos, por exemplo, também mora em frente ao córrego e conta que ao tentar evitar que as pessoas destruam a frente da sua moradia tem corrido risco de vida. E por esse motivo clamor às autoridades responsáveis.

"Eu sempre bato de frente para evitar o que tem acontecido, eu já recebi até ameaças. Hoje eu peço que medidas sejam tomadas em forma de punição ou conscientização, afinal moramos em uma área bem localizada, mas não temos um cuidado, o lixão está feio", enfatiza.

De acordo com a prefeitura de Cuiabá, ao menos duas vezes ao ano, é feito um trabalho de limpeza e desassoreamento em toda extensão do córrego, que compreende mais de 4 quilômetros. O próprio bairro Dom Aquino recebe o programa Mutirão da Limpeza duas vezes ao ano.

Leia íntegra da nota da prefeitura:

Em relação à demanda referente ao Córrego do Gambá, a Prefeitura de Cuiabá esclarece que:- Executa, ao menos duas vezes ao ano, o trabalho de limpeza e desassoreamento em toda extensão do córrego, que compreende mais de 4 quilômetros.

- Também por pelo menos duas vezes ao ano, o próprio bairro Dom Aquino recebe o programa Mutirão da Limpeza. Por meio dessa iniciativa, o Município disponibiliza mais de 200 servidores para a execução de diversos serviços de zeladoria na comunidade.

- Para evitar que o cidadão descarte materiais de forma ilegal, a Prefeitura oferece também dois Ecopontos. Um está situado na própria Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e o outro no bairro CPA III, ao lado da Lagoa Encantada.

- Ainda como trabalho preventivo, o Executivo desenvolve o programa Cata-treco. Por meio dessa atividade, o cidadão pode agendar a passagem de um dos caminhões pelo bairro, para fazer o recolhimento de materiais inservíveis. A solicitação deve ser feita pelo telefone (65) 3645-5518 ou pelo WhatsApp (65) 9 9243-6502.

- A Prefeitura de Cuiabá destaca ainda que diariamente atua na eliminação de bolsões de lixo espalhados pela cidade. Com esse trabalho, o Município conseguiu uma drástica redução desse transtorno, saindo de cerca de 300 áreas identificadas para menos de 50, nos últimos dois anos.

- Por fim, ressalta que, para que os resultados dessas ações sejam colhidos em sua totalidade, é de extrema importância que a população entenda seu papel dentro desse processo, que engloba tanto a preservação da saúde pública quanto do meio ambiente. (Prefeitura de Cuiabá)

Veja vídeo: