Gazeta Digital Mãe agride filho de 13 anos e é acolhido pelo Conselho Tutelar

Mãe agride filho de 13 anos e é acolhido pelo Conselho Tutelar

conselho tutelar

conselho tutelar

Gazeta Digital

Conselho Tutelar acolheu, na noite de segunda-feira (17), um adolescente de 13 anos que foi agredido e ameaçado pela mãe, que não aceita a sua orientação sexual.

De acordo com as informações da Polícia Militar, por volta das 21h foi acionada pela vítima, que saiu de casa e foi até a sede do conselho, que já estava fechado. 

Leia também - Irmão e sobrinho são mandantes da morte do tio de Riva

Aos policiais, o menino contou que após descobrir e assumir sua sexualidade passou a ter conflitos dentro de casa.

A mãe dele não aceita a sua orientação sexual e que o agride por isso.

No começo da noite, após uma agressão, ele disse que iria até o conselho tutelar e a mulher ameaçou cortar a língua e os dedos dele.

A PM entrou em contato com o plantonista do conselho, que acolheu o menino. 

Ele afirmou que não tem vontade de voltar para casa, já que as agressões ocorreram mais de uma vez. 

O adolescente afirmou que chegou a procurar a assistência social em Várzea Grande e foi orientado pelos profissionais.