Cidades Homem morre soterrado no RS e estado tem 7 rodovias interditadas

Homem morre soterrado no RS e estado tem 7 rodovias interditadas

Região sul do país é castigada com fortes temporais. Cerca de 300 pessoas estão desabrigadas, rios transbordaram e houve deslizamentos de terra

  • Cidades | Joyce Ribeiro, do R7, com informações da Record TV

Chuva intensa em Porto Alegre deixa ruas alagadas e pessoas ilhadas

Chuva intensa em Porto Alegre deixa ruas alagadas e pessoas ilhadas

Reprodução / Record TV

Um homem de 34 anos morreu em Caxias do Sul na madrugada desta quarta-feira (8) depois de ficar soterrado dentro de casa. Segundo informações da Record TV, a vítima estava no sofá e havia outras duas pessoas na residência quando um barranco desmoronou com o temporal. O homem ficou debaixo de escombros e pedras e não sobreviveu.

Leia mais: Novo ciclone atinge Santa Catarina e deixa ao menos 4 pessoas ilhadas

Um outro homem que estava na casa conseguiu escapar e uma mulher ficou presa nos escombros, mas foi resgatada pelos bombeiros e encaminhada a um hospital.

No Rio Grande do Sul, sete rodovias estão totalmente interditadas por causa de deslizamentos de terra e chuva. A ponte da BR-470 está bloqueada devido à cheia do rio das Antas. No Vale do Taquari, há destruição após o temporal.

Veja também: Ciclone surpreende Chapecó (SC) e toma conta do céu

No norte do estado, choveu 200 milímetros, o que é muita água, por isso os alagamentos. Em Santa Rosa, 30 pessoas estão desalojadas. Em todo o Rio Grande do Sul, são cerca de 300 pessoas fora das casas.

Pessoas estão ilhadas aguardando água baixar

Pessoas estão ilhadas aguardando água baixar

Reprodução / Record TV

Na capital, Porto Alegre, ruas estão alagadas. Moradores enfrentam água até a cintura. Muitos perderam tudo o que havia nas residências. Outros estão nas lajes das casas aguardando a água baixar. Há ainda motoristas ilhados.

Um carro ocupado por duas pessoas caiu em um córrego, mas as vítimas conseguiram sair do veículo.

Leia ainda: Região sul entra em alerta devido a risco de tempestades

Já chove forte, sem trégua, no estado há dois dias. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a previsão é de mais chuva para esta quarta-feira e ventos fortes. Está mantido o alerta para queda de árvores, cheia dos rios e falta de energia elétrica em algumas regiões.   

Últimas