Cidades Homem se passa por delegado e humilha idosa em aeroporto

Homem se passa por delegado e humilha idosa em aeroporto

Segundo entidades, homem deve responder na Justiça por danos causados à imagem dos membros da categoria

  • Cidades | Do R7, com informações da Record TV

Homem se diz delegado da polícia e humilha idosa; entidades negam

Homem se diz delegado da polícia e humilha idosa; entidades negam

Reprodução Record TV

Um homem se passou por delegado da Polícia Federal e humilhou uma idosa no aeroporto de Brasília. A ação foi gravada por um homem que tentava conversar com a mulher no momento em que o suposto policial se aproximou para ofendê-la. 

O vídeo em que o homem que se apresenta como delegado federal e ofende a idosa foi gravado pelo cantor Igor Moraes. A idoda é dona Izaura, uma mulher que vive em um espaço com carrinho de malas no aeroporto da cidade. Deficiente auditiva, ela passa o dia fazendo orações. "Não tenho vontade de morar com velhos e velhas, só com jovens", disse à Record TV

No vídeo, o homem afirma ser delegado da Polícia Federal e diz "ela pode fazer o que quiser mais não incomode os outros. Leva para o lixo ou no hospício." O homem usava a máscara de proteção contra coronavírus no cotovelo no momento da filmagem. "Eu sou delegado da federal e sei jogar no lixo ou no hospício", repetiu.

O cantor Igor Moraes, que registrou as imagens, disse que estava conversando com a idosa quando o homem que tentou se passar por delegado afirmou que ela estava incomodando. A  Infraamérica afirmou por meio de nota que repudia qualquer forma de violência.

Por meio de nota, a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) e a Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (Fenadepol), afirmou manifestar "indignação com o recente episódio ocorrido no aeroporto de Brasília, no qual um cidadão, intitulando-se delegado de Polícia Federal, dirige palavras ofensivas a uma senhora idosa, dela desdenhando."

"Diante da confirmação oficial, por parte da Polícia Federal, de que o cidadão que afrontou a senhora idosa não faz parte dos quadros da carreira, haverá a partir de agora a busca pela sua devida identificação para que responda na justiça pelos danos causados à imagem de todos os membros da categoria."

Últimas