Hospitais e UBS da capital e litoral de SP ganham lavatórios públicos

Equipamentos foram instalados em unidades da zona leste da capital e em áreas de grande circulação de pedestre na costa norte do Estado

Lavatório instalado pela Sabesp na entrada da balsa de Ilhabela, no litoral norte

Lavatório instalado pela Sabesp na entrada da balsa de Ilhabela, no litoral norte

Divulgação/Sabesp 26-04-20

Numa tentativa de conter a pandemia do coronavírus, a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) instalou cerca de 150 lavatórios públicos em todo o Estado de S. Paulo.

Leia mais: Brasil tem 4.016 mortes e 58.509 casos confirmados de Covid-19

Com a ação, a companhia quer ajudar a população a manter os hábitos de higienização, inclusive na rua, para ajudar a evitar a transmissão do covid-19.

Zona Leste

Na zona leste, a Sabesp fez uma parceria com o Hospital Tide Setubal, em São Miguel Paulista, para construiu lavatórios para pacientes do local e também da UBS (Unidade Básica de Saúde) Jardim Helena, na área do Jardim Pantanal.

Leia mais: Sem dados e testes no país, governo fala em flexibilizar isolamento

A Sabesp ficará responsável por montar a parte hidráulica e instalar a estrutura dos lavatórios.

O hospital manterá o bom uso dos equipamentos e da reposição de sabonete.

Litoral norte

No litoral norte, até o momento, foram instalados oito lavatórios em áreas de grande circulação nas quatro cidades da região: Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba.

Leia mais: Primeiro hospital de campanha do Rio é inaugurado no Leblon

Em Caraguatatuba, os lavatórios foram colocados nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) Central, Norte e Sul.

Em Ilhabela, a população pode higienizar as mãos na entrada da balsa.

São Sebastião recebeu equipamentos na UPA Central e no Pronto-Socorro de Boiçucanga.

Em Ubatuba, os lavatórios estão no calçadão e no Terminal de Passageiros.