Cidades Imagens mostram ataque a agência bancária em Cametá (PA)

Imagens mostram ataque a agência bancária em Cametá (PA)

Registros do circuito interno do banco e de estabelecimentos comerciais da cidade estão sendo analisados pela polícia. Ataque deixou um morto

  • Cidades | Do R7, com informações da Record TV

Imagens de câmeras de segurança divulgadas nesta sexta-feira (4) mostram o exato momento em que a quadrilha invade e explode uma agência bancária na cidade de Cametá, no Pará. Os criminosos pareciam estar vestidos e armados para uma guerra.

Ataque em Cametá

Ataque em Cametá

Reprodução

Os assaltantes aparecem máscara e chapéu. Eles usam os reféns como escudo humano para entrar na agência. Um deles quebra uma porta de vidro com um pé de cabra. O outro posiciona um cilindro dentro de uma sala. Em seguida, todos correm e acontece uma explosão.

Todas as imagens do circuito interno do banco e de estabelecimentos comerciais da cidade estão sendo analisadas. Quatro suspeitos de participação no assalto já foram identificados, mas nenhum foi preso. Equipes da polícia fazem buscas nas matas da região, onde os criminosos podem estar escondidos.

Vídeo mostra criminosos levando reféns após assalto em Cametá (PA)

"Nós temos equipe da Policia Militar, da Polícia Civil e o grupamento aéreo dando apoio com helicópteros à procura em ramais, em acessos e rios da região", afirma Ualame Machado, secretário de Segurança Pública do Pará.

Dois carros usados pela quadrilha foram encontrados abandonados. Um na estrada que dá acesso a cidade e outro no rio Itaperaçu, no município de Baião, vizinho a cametá.

Polícia suspeita que quadrilha que aterrorizou Cametá (PA) tenha fugido de barco

Pelo menos 20 criminosos participaram do ataque, na noite de terça-feira (1). Dois moradores foram atingidos pelos disparos. Um deles morreu. Os criminosos não conseguiram roubar o dinheiro do cofre.

"Há um investimento das quadrilhas. Eles investem milhares e milhares de reais em armamento e estratégia de fuga. Então, quando eles não conseguem obter sucesso, isso acaba sendo um desestímulo para o surgimento de novas quadrilhas e novas ações nesse sentido", diz a presidente do Sindicato dos Bancários do Pará, Tatiana Oliveira.

Últimas