Cidades Incêndio atinge hospital infantil em construção em Fortaleza (CE)

Incêndio atinge hospital infantil em construção em Fortaleza (CE)

Não há registro de feridos e, até o momento, não se sabe o que causou o fogo. Edifício tinha previsão de conclusão para dezembro

  • Cidades | Do R7

Fogo foi controlado pouco antes das 8h

Fogo foi controlado pouco antes das 8h

Reprodução/Record TV

Um incêndio atingiu as obras do edifício de um hospital infantil particular no bairro Luciano Cavalcante, em Fortaleza (CE), no início da manhã desta quinta-feira (20). Não há registro de feridos até o momento.

O prédio começou a pegar fogo antes que os trabalhos começassem no local e, por isso, os trabalhadores ainda não haviam subido aos andares mais altos, onde iniciou o fogo, segundo informou a reportagem do Balanço Geral Ceará. A avenida Maximiano da Fonseca teve de ficar interditada pois, durante o incêndio, pedaços de ferro e madeira caíram da obra.

O Corpo de Bombeiros chegou ao local por volta das 7h30 para apagar o incêndio, que em menos de meia hora já estava controlado.

Segundo a corporação, como a carga do incêndio era baixa e a construção se localiza num espaço aberto, não houve acúmulo de fumaça. Ainda não se sabe o motivo do edifício ter pegado fogo.

O diretor de recursos humanos do hospital, Flávio Ibiapina, disse que o fogo se confirmou no último piso da obra e confirmou que não houve vítimas.

“Hoje cedo, por volta das 6h30, 6h45, a gente teve notícia do início do incêndio. Alguns operários já tinham chegado à obra e acionaram prontamente o Corpo de Bombeiros. Foi uma ação muito ágil e, em menos de uma hora, o incêndio já estava debelado”, informou Ibiapina em entrevista coletiva no local.

A Defesa Civil foi chamada ao local para esclarecer o que teria causado o incêndio. Segundo o diretor, o edifício estava em obras há nove meses e tinha previsão de entrega para dezembro de 2021. Para Ibiapina, há confiança por parte da direção do hospital que os atrasos serão controlados e o cronograma, mantido.

Veja vídeo do incêndio:

Últimas