Cidades Inscrições para o 16º FestAruanda estão abertas até 20 de agosto

Inscrições para o 16º FestAruanda estão abertas até 20 de agosto

Estão abertas, até o dia 20 de agosto, as inscrições para a 16ª edição do FestAruanda do Audiovisual Brasileiro, promovido pela produtora Bolandeir@rte&Films em parceria com o Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Os realizadores podem inscrever suas produções, gratuitamente, por meio da página oficial do festival, nas categorias […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Fest Aruanda (Foto: Divulgação)

Estão abertas, até o dia 20 de agosto, as inscrições para a 16ª edição do FestAruanda do Audiovisual Brasileiro, promovido pela produtora Bolandeir@rte&Films em parceria com o Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Os realizadores podem inscrever suas produções, gratuitamente, por meio da página oficial do festival, nas categorias Longas Nacionais, Curtas Nacionais e Sob o Céu Nordestino (Curtas Paraibanos e Longas da região).

O regulamento da 16ª edição do evento prevê ainda outras duas possibilidades de inscrição: a categoria TV Universitária (nacional) – nas categorias documentário, programa de TV, interprograma e reportagem – aberta a produções de todo o país, e as categorias Videoclipe, TCC (em formato audiovisual) e Peça Publicitária, estas disponíveis somente para conteúdos audiovisuais produzidos na Paraíba.

O evento ocorrerá entre 9 e 15 de dezembro e deverá ser realizado em formato híbrido (remoto e presencial), por meio da plataforma Aruanda Play e na rede Cinépolis, no Manaíra Shopping, em João Pessoa.

De acordo com o fundador e produtor-executivo do evento, o professor da UFPB Lúcio Vilar, a ideia é manter o formato híbrido na edição deste ano, assim como ocorreu em 2020, mas com a ampliação das sessões presenciais que, no ano passado, ficaram restritas às solenidades de abertura e encerramento. A mudança, obviamente, vai depender do cenário epidemiológico da pandemia na época da realização do festival.

Intercâmbio

A parceria internacional iniciada na edição passada com a Universidade Lusófona também pode ser expandida neste ano, segundo o produtor-executivo. “Fizemos uma mostra em parceria com a Lusófona para exibição de curtas de alunos daquela universidade. Este ano, a gente pretende ampliar essa janela, quem sabe por meio de uma mostra competitiva de filmes de países da União Europeia”, adiantou Lúcio Vilar.

Criado com o intuito de dar visibilidade a novos talentos do audiovisual da Paraíba e do Brasil, o festival, abriria, por meio desse intercâmbio, espaço para evidenciar outras linguagens e temas abordados por estudantes de vários países europeus.

Essa expansão do FestAruanda é impulsionada, em parte, pelo formato online imposto pela pandemia para a realização de eventos. Por meio de diversas plataformas, uma sessão presencial com um público de 200 pessoas, por exemplo, ganha outra dimensão, permitindo acesso a um público muito maior quando transmitido pela internet.

Com um número crescente de inscrições, especialmente nos últimos três anos – somente em 2020 foram 666 inscritos, um recorde para o evento – o FestAruanda se tornou, na opinião de Lúcio Vilar, um patrimônio não só da UFPB, mas da Paraíba, consolidando-se como o mais emblemático evento do estado na área audiovisual.

“Vamos para a 16ª edição e o evento já ganhou um lugar especial no cenário dos festivais de cinema brasileiros. O festival se transformou, para a Paraíba, numa janela de visibilidade para produção local. Ao longo dos anos, o cinema paraibano avançou, qualificou-se, e o evento é uma plataforma para essa compreensão”, declarou o fundador do evento.

Últimas