Jovem leva choque ao fazer chapinha e morre em Goiânia (GO)

Ela foi encontrada por vizinhos dentro de casa com o aparelho ainda ligado na tomada

Kariny Matias Pires, de 22 anos, morreu enquanto fazia chapinha no cabelo em Goiânia

Kariny Matias Pires, de 22 anos, morreu enquanto fazia chapinha no cabelo em Goiânia

Reprodução/Facebook

Uma manicure morreu ao receber uma descarga elétrica quando fazia chapinha no cabelo. Ela foi encontrada morta dentro de casa em Goiânia, Goiás. Kariny Matias Pires, de 22 anos, ia passar o Natal na casa da irmã, como conta o cunhado dela, Vandoir Horário Rosa.

— De repente, nós aguardando, aguardando, e nós perdeu o contato 100% com ela. (sic)

Segundo o perito Geraldo Pereira, a vítima tinha acabado de tomar banho e estava sem os chinelos, quando recebeu um choque enquanto fazia chapinha no cabelo.

— O que aconteceu foi que o dedo esquerdo entrou em contato com o fio desencapado deste instrumento.

Na hora do acidente, a manicure estava sozinha em casa. Ela foi vista pela última vez na noite de terça-feira (24) quando chegou do trabalho.

Mulher morre eletrocutada ao fazer chapinha no interior de SP

Leia mais notícias de Cidades

Os vizinhos só descobriram que ela estava morta quase 24 horas depois. A jovem estava no chão da cozinha, sem roupa, com o  aparelho de chapinha nas mãos ligado a uma tomada. Uma adolescente viu a manicure caída. O aparelho de fazer chapinha foi apreendido.

Assista ao vídeo: