Cidades Lutador de artes marciais morre baleado após tentar desarmar policial em Santa Catarina

Lutador de artes marciais morre baleado após tentar desarmar policial em Santa Catarina

Alex Censi, de 26 anos, se intrometeu em ocorrência de briga de casal e partiu para cima dos policiais. Ele morreu no hospital

  • Cidades | Do R7, com informações da Record TV

Homem tentou tirar arma do policial e foi baleado

Homem tentou tirar arma do policial e foi baleado

Reprodução / Record TV

Um lutador de artes marciais de 26 anos morreu após tentar tirar a arma de um policial militar em Pinhalzinho, no interior de Santa Catarina. Ele teria se intrometido em uma ocorrência de briga de casal. As informações são da Record TV.

Alex Censi não tinha nenhuma ligação com o casal, mas se aproximou da equipe e tentou interferir. Ele teria sido orientado a se retirar, mas se recusou a fazer isso.

Imagens de uma câmera de segurança mostram que ele partiu para cima dos policiais, tentando tomar a arma de um deles. O policial se desequilibrou e caiu em um barranco do outro lado da rua. O colega, então, atirou contra Censi, que fugiu correndo. Ele morreu no hospital. 

Testemunhas contaram que ele praticava artes marciais e tinha diversas passagens pela polícia.

A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar a ocorrência e analisar se houve algum excesso por parte dos policiais.

Últimas