Mais de 20 cidades de Santa Catarina sofrem com granizo, vendavais e chuvas fortes

Tempestades causaram uma morte e deixaram 125 pessoas desabrigadas

Estragos provocados pela chuva em Santa Catarina

Estragos provocados pela chuva em Santa Catarina

Reprodução/Agência Brasil

A queda de uma barreira entre os municípios catarinenses de Urubici e São Joaquim interrompeu neste sábado (10) totalmente o trânsito no quilômetro 402 da Rodovia SC-110. Técnicos do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) avaliam as condições da encosta para remoção da barreira e ainda não há previsão de liberação da pista.

A Defesa Civil do estado orienta os motoristas a procurar rotas alternativas. Hoje (10), subiu para 21 o total de municípios de Santa Catarina que comunicaram problemas devido à queda de granizo, a vendavais, chuvas intensas e inundações que atingem o estado desde a última quinta-feira (8).

Os eventos climáticos registrados ao longo da semana afetaram 2.370 pessoas e provocaram uma morte. Até a manhã de hoje, segundo a Defesa Civil, 125 pessoas foram desalojadas, 32 estão desabrigadas e 452 imóveis foram danificados ou destruídos.

De acordo com o último aviso meteorológico divulgado pela Defesa Civil, diminuiu o risco de temporais e de chuvas intensas para este fim de semana. Contudo, ainda persistem condições de pancadas de chuva do Planalto ao litoral, especialmente na tarde e noite deste sábado e no domingo, que podem alterar o comportamento dos rios.

É esperada, segundo a Defesa Civil, melhora gradativa dos cenários, porém fica mantido o alerta para o risco de inundações em Lages e Rio do Sul. Apesar da melhoria das condições meteorológicas, ainda há risco de transbordamento do Rio Itajaí Açu. No município de Lages, o rio está fora da calha, baixando lentamente.

Também há risco de deslizamentos no Planalto Sul, Litoral Sul, Vale do Itajaí e oeste de Santa Catarina devido ao acumulado de chuva registrado em algumas áreas. Há previsão de continuidade da chuva no final de semana.