Cidades Mais de 25% dos condutores afirmam dirigir após consumirem álcool na PB

Mais de 25% dos condutores afirmam dirigir após consumirem álcool na PB

A Paraíba registrou a 4ª maior proporção do país de pessoas que

Portal Correio

A Paraíba registrou a 4ª maior proporção do país de pessoas que dirigiram após o consumo de bebida alcoólica, entre os motoristas e motociclistas maiores de 18 anos, de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2019, divulgada nesta quarta-feira (18). O percentual de 25,6% ficou acima das médias nacional (17%) e regional (21,5%). 

Leia também: Covid-19: novo procedimento da Anvisa deve acelerar registro de vacina

Entre aqueles que dirigiam carro ou moto no estado, a ingestão de bebida alcoólica seguida de direção foi maior no grupo dos homens (29%) do que no das mulheres (11,7%). A pesquisa estima que cerca de 179 mil pessoas estiveram nessa situação pelo menos uma vez, ao longo dos doze meses que antecederam o levantamento.

O comportamento também foi mais comum nos grupos de idade de 25 a 39 anos (34,7%) e de 40 a 59 anos (19,1%), assim como entre aqueles que têm o nível médio completo e superior incompleto (29%) e o fundamental completo e o médio incompleto (27,4%). Na comparação por cor ou raça, a maior proporção foi observada entre pardos (27,5%), seguida por brancos (25,5%) e pretos (17,9%).

Frequência

Por outro lado, em relação à frequência com que a ingestão ocorre, a Paraíba apresentou a 7ª menor proporção do país de adultos que costumavam consumir bebida alcoólica uma vez ou mais por mês (22%). O indicador ficou abaixo dos verificados nas médias brasileira (30%) e nordestina (24,3%).

O estudo aponta ainda que o costume de ingerir bebida alcoólica uma vez ou mais por mês não é tão comum entre as mulheres paraibanas, assim como entre as dos demais estados brasileiros, uma vez que a proporção de 11,1%, verificada nesse grupo, foi a 3ª menor entre as unidades da federação, maior apenas que as constatadas entre a população feminina do Amazonas (9,6%) e Pará (11%). Na Paraíba, o grupo masculino apresentou uma proporção bem maior, de 35%. 

Idade

Em relação aos grupos de idade, esse hábito é mais comum entre aqueles que têm de 25 a 39 anos (27,9%) e de 18 a 24 anos (27,1%). Quanto ao nível de instrução, as maiores proporções de pessoas que consumiam bebida alcoólica uma vez ou mais por mês estão entre os que têm o ensino superior completo (29,1%) e o médio completo e superior incompleto (27%).

Além disso, a PNS aponta que o consumo abusivo de álcool – caracterizado pela ingestão de cinco ou mais doses em uma única ocasião, dentro dos trinta dias anteriores à entrevista – foi observado em 16% da população adulta da Paraíba, sendo bem mais comum entre os homens (26,4%) do que entre as mulheres (6,9%).

Últimas