Cidades Maternidade de João Pessoa inicia atendimento por telemedicina; veja como ter acesso

Maternidade de João Pessoa inicia atendimento por telemedicina; veja como ter acesso

O Instituto Cândida Vargas (ICV), em João Pessoa, deu início ao serviço de atendimento por telemedicina, inicialmente para o público-alvo da maternidade, que são mulheres gestantes ou em idade fértil. Para ter acesso ao serviço de telemedicina, a paciente precisa procurar a Unidade de Saúde da Família (USF) de sua região. “Ela contará com todo o […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Telemedicina em João Pessoa (Foto: Divulgação/Secom-JP)

O Instituto Cândida Vargas (ICV), em João Pessoa, deu início ao serviço de atendimento por telemedicina, inicialmente para o público-alvo da maternidade, que são mulheres gestantes ou em idade fértil.
 
Para ter acesso ao serviço de telemedicina, a paciente precisa procurar a Unidade de Saúde da Família (USF) de sua região. “Ela contará com todo o suporte dos profissionais da USF, que a colocará em contato com a equipe do Cândida Vargas através de um consulta remota, feita pelo computador”, diz a prefeitura.
 
De acordo com a coordenadora do ambulatório do ICV, Viviane Meneghetti, as teleconsultas são oferecidas para as especialidades de acompanhamento de pré-natal de alto risco, cardiopediatria, nutrição para procedimentos e requisições especiais, cardiotocografia, eletrocardiografia, psiquiatria e serviços de enfermagem avançada.
 
“A agenda foi liberada para a Atenção Básica e disponibilizamos até quatro pacientes por dia. A nossa especialista abre a câmera e conversa com a paciente, que estará acompanhada pelo médico da USF. Às vezes, a usuária tem apenas uma dúvida na condução de um medicamento, e nem se enquadra no alto risco. Com a telemedicina, a gente evita um deslocamento da paciente até aqui”, explicou.

Últimas