Cidades Moro autoriza permanência de Força Nacional no Ceará por 30 dias

Moro autoriza permanência de Força Nacional no Ceará por 30 dias

Ministro atende pedido de governador e afirma que haverá reforço em patrulhamento de terminais de ônibus e ações de inteligência com a polícia

Força Nacional permanece no estado por mais 30 dias

Força Nacional permanece no estado por mais 30 dias

Jarbas Oliveira / Folhapress / 20.01.2019

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou na manhã desta sexta-feira (8), a prorrogação do tempo de permanência da Força Nacional de Segurança Pública no estado do Ceará por mais 30 dias. 

Moro atendeu um pedido do governo cearense realizado na terça-feira (5). Desde o dia 4 de janeiro, 400 homens da Força Nacional reforçam o patrulhamento de locais públicos do estado, que enfrentou ataques diários de facções criminosas. 

Leia mais: Ceará registrou mais de um ataque por hora desde início da crise

O apoio dos integrantes da Força Nacional de Segurança Pública é prestado, sobretudo, em terminais de ônibus e ações de inteligência em integração com as polícias locais. Durante os ataques, que se iniciaram em janeiro, diversos coletivos, escolas e prédios públicos foram alvos de ações criminosas. 

O minitro Sérgio Moro enviou um ofício ao governador Camilo Santana afirmando que a atuação da Força Nacional em conjunto com as forças de segurança estaduais promoveu uma redução das ações causadas pelos grupos criminosos, "restaurando a lei, a ordem e protegendo a população cearense."

Leia mais: Ceará quer lei para dar recompensa por informações sobre ataques

Assim, de acordo com a pasta, durante os próximos 30 dias de permanência da Força Nacional no Ceará será realizado um plano de desmobilização gradativa, de acordo com avaliação da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

"Caso haja retomada na gravidade e número de incidentes, a Força Nacional estará pronta para retomar atividades com intensidade necessária no estado", declarou o órgão.