Coronavírus

Cidades Mulher se recupera da covid-19 e é pedida em casamento no hospital

Mulher se recupera da covid-19 e é pedida em casamento no hospital

Gerente financeira de 29 anos teve alta de hospital no município de Rio do Sul, em Santa Catarina, no último final de semana

  • Cidades | Do R7, com informações da Record TV

Mulher pedida em casamento na saída do hospital

Mulher pedida em casamento na saída do hospital

Reprodução/Record TV

A gerente financeira Franciane Aparecida Buz teve uma dupla comemoração no último fim de semana. A mulher de 29 anos recebeu alta do Hospital Regional do Alto Vale, no município de Rio do Sul (SC), após permanecer internada por 55 dias por conta da covid-19. Na saída, mais precisamente na porta do hospital, a paciente foi surpreendida com um pedido de casamento.

Franciane ficou 50 dias entubada e saiu do hospital com um cilindro de oxigênio para auxiliar na respiração. Por ser fim de semana, os funcionários do hospital não realizaram o tradicional corredor para comemorar a alta de um paciente, mas a celebração dos médicos e enfermeiros não foi necessária.

Do lado de fora do Hospital Regional, a família e os amigos da gerente financeira esperavam com faixas e balões e receberam a mulher sob gritos e aplausos. Em meio a festa feita pelos familiares, o namorado Djoni Godinho, também de 29 anos, decidiu roubar a cena.

O namorado de Franciane chegou ao lado da namorada e entregou um buquê de flores – um pedido especial da paciente para o momento da alta. O namorado, antes de fazer o pedido, brinca que perdeu a aliança de namoro. Enquanto se justifica, ele pega uma nova aliança – desta vez de noivado, se ajoelha e pede ela em casamento.

Franciane e Djoni estão namorando há 11 anos. O noivo fez o pedido, mas deixou claro que não foi nenhuma promessa feita em razão da doença. O pedido de casamento foi uma surpresa para todos os presentes. “A decisão não estava programada, tanto que as alianças estão sem os nomes”.

Últimas