Cidades Número de usuários de planos de saúde cresce 3,56% na PB e chega a 10,58% da população

Número de usuários de planos de saúde cresce 3,56% na PB e chega a 10,58% da população

A Paraíba registrou adesão de 15,2 mil pessoas a planos de saúde nos últimos nove meses, o que representa uma evolução de 3,56%. Agora, 427,3 mil (10,58% da população) contam com assistência médica privada no estado. As informações foram divulgadas pela Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), a partir de dados da Agência Nacional de […]

Portal Correio
(Foto: Arquivo/Agência Brasil)

A Paraíba registrou adesão de 15,2 mil pessoas a planos de saúde nos últimos nove meses, o que representa uma evolução de 3,56%. Agora, 427,3 mil (10,58% da população) contam com assistência médica privada no estado. As informações foram divulgadas pela Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), a partir de dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Em todo o Brasil, no mesmo período, os planos de saúde ganharam 1,3 milhão de novos beneficiários. Em junho, o sistema contabilizava 46,7 milhões de beneficiários, o patamar mais baixo de 2020. Em março deste ano, o número chegou a 48 milhões.

Uma das regiões que registraram crescimento foi o Nordeste do país. Análise feita pela FenaSaúde mostra que os planos ganharam mais de 120,2 mil beneficiários na região entre junho de 2020 e março de 2021. Houve aumento em praticamente todos os estados da região, sendo que Rio Grande do Norte, Piauí e Paraíba estão entre as dez maiores altas.

Ainda de acordo com a análise, em outros estados da região mais pessoas também contrataram planos de saúde. Em Pernambuco, foram 23,3 mil, na Bahia, 18,8 mil, no Ceará, 9,4 mil e, em Alagoas, 7,4 mil pessoas.

O Rio Grande do Norte foi o segundo estado com maior ganho em todo o país. São 33,3 mil novas adesões de potiguares desde junho de 2020, resultando em um crescimento de 6,14%. Agora são 542,5 mil pessoas com planos de saúde no Estado, o que corresponde a 15,47% da população local. Com isso, o Rio Grande do Norte ficou atrás apenas do Amazonas (6,96%) nesse crescimento nos últimos nove meses.

Nos estados de Sergipe e Maranhão houve redução no número de beneficiários. Sergipe tem hoje 311,3 mil pessoas com planos de saúde, e Maranhão tem 452,7 mil.

“A entrada de mais 1,3 milhão de beneficiários nos planos demonstra a preocupação dos brasileiros com a saúde. Esse fenômeno aconteceu em todas as regiões do Brasil e foi bastante importante no Nordeste. A pandemia reforçou ainda mais a necessidade de contar com atendimento de qualidade”, destaca Vera Valente, diretora executiva da FenaSaúde. A entidade representa os 15 maiores planos do país, que juntos respondem por 40% do mercado.

Últimas