Cidades O que é preciso para ter um bom home office?

O que é preciso para ter um bom home office?

Como muita gente continua, deve continuar e até migrar todo o trabalho para o home office, há ainda dúvidas sobre o que pode ser feito para deixar um espaço da casa o mais agradável e funcional para esse propósito. A mesa ou escrivaninha e a cadeira, por exemplo, são partes fundamentais dessa adaptação e ajudam […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio

Como muita gente continua, deve continuar e até migrar todo o trabalho para o home office, há ainda dúvidas sobre o que pode ser feito para deixar um espaço da casa o mais agradável e funcional para esse propósito. A mesa ou escrivaninha e a cadeira, por exemplo, são partes fundamentais dessa adaptação e ajudam a evitar até problemas posturais. Mas há outros aspectos que melhoram o ambiente, como a iluminação.

“Nem sempre a iluminação artificial de uma sala ou de um quarto é suficiente para você, o excesso e a falta dela são prejudiciais, então o correto é encontrar um equilíbrio para deixar seus olhos confortáveis”, conta a Profa. Ma. Bárbara Arnaud, dos cursos de Design de Interiores e Arquitetura e Urbanismo do Unipê. No mercado, diz a especialista, pode-se encontrar lâmpadas de todas as características, com diferentes finalidades. Durante o dia, quanto mais iluminação natural você puder utilizar, melhor.

Segundo Bárbara, o home office geralmente envolve leitura, necessitando-se de muita concentração. Para isso, a lâmpada de cor branca fria é a escolhida, pois estimula essa função. “Diferente das amarelas, que proporcionam o relaxamento”, diz a professora. A cor e a temperatura podem ser verificadas no rótulo de cada embalagem: 3.500k a 4.000k (tonalidade amarela); 6.000k a 6.500k (tonalidade branca fria).

Agora quem tem dúvidas sobre o uso de luminárias, a professora explica: isso vai depender de cada função, de como é o seu home office ou até de como são as lâmpadas já existentes no seu ambiente. Se em alguns momentos existe sombra para o usuário, é preciso ter uma luminária em cima da mesa ou de chão, mas que supra a necessidade da iluminação na bancada. Se forem articuladas, melhor será o resultado.

“Além de todos esses pontos, deve-se lembrar que, para leitura, a lâmpada/luminária deve ficar a aproximadamente 50cm de distância”, orienta Bárbara. E fica a dica: “durante o dia, quanto mais iluminação natural você puder utilizar, melhor”, sugere.

Materiais ajudam na organização?

Bárbara salienta que não é necessário comprar materiais para a sua função. Basta o que é preciso para executar o seu trabalho. Afinal, uma bancada de trabalho muito poluída pode atrapalhar a concentração. “Em casa podemos ter o suficiente para o home-office: mesa com facilidade de movimentação, uma pequena prateleira ou gaveteiro portátil para organizar o material, porta lápis, extensão e luminária”, cita.

Lousas e vinis adesivos são bons materiais para montar uma agenda. Mas essa organização depende de cada pessoa: algumas gostam de expor suas atividades ao alcance dos olhos para não as esquecer; outras preferem a agenda tradicional. “De toda forma, para mudar os ares e deixar o ambiente mais com cara de trabalho, pode-se sim colocar alguns elementos nas paredes, principalmente para professores que fazem utilização desse tipo de objeto com mais frequência”, diz Bárbara.

Agora para quem faz muita vídeoconferência, Bárbara recomenda analisar o ambiente e o que ele expõe nesses momentos. A ideia é organizá-los e deixar apenas objetos que não roubem a atenção do seu telespectador. As dicas dela são: paredes com cores claras e sólidas, clean; algum elemento na parede que represente a sua função; talvez um quadro/lousa; uma estante de livros; e uma leve vegetação. “Fica à critério do usuário. Examine vídeos que lhe agradam e invista numa iluminação ambiente”, finaliza.

Últimas